Estudos Bíblicos

História fora de Ordem

Muitas pessoas não gostam de estudar a História porque envolve, necessariamente, muitas datas. Quem estuda a história do Brasil terá de saber alguma coisa sobre coisas que aconteceram em 1500, 1822, 1888, 1889, 1964, 1988 etc. Quem fala da história de uma pessoa pode citar data de nascimento, de casamento e de morte, entre outras. Datas servem para organizar a ordem de eventos, e qualquer história tem seu desdobramento linear, um fato seguindo outro.

A História acontece em ordem cronológica, mas os registros históricos que estudamos raramente seguem uma sequência perfeitamente cronológica. O livro de história do meu neto, que estuda no quarto ano do ensino fundamental, é organizado por temas. Uma unidade trata da colonização do país, e outra volta no tempo para falar sobre a escravatura no Brasil e em outros países, detalhes do mesmo período que merecem uma ênfase temática.

Não deve nos surpreender perceber que muitos textos bíblicos apresentam a história da mesma maneira. O autor pode seguir a história de uma pessoa, uma cidade ou um reino e, depois, voltar para falar sobre coisas que aconteceram no mesmo período com outras pessoas ou lugares. Se não prestar atenção nesse fato, nossa leitura de alguns livros fará pouco sentido.

Podemos tomar o livro de Juízes como exemplo. Esse relato, no geral, segue uma ordem cronológica, falando de um libertador de Israel após outro. Se tratar tudo no livro como sequêncial, porém, vamos nos confundir. O livro inicia com as palavras “Depois da morte de Josué” (Juízes 1:1) e, mais tarde, se refere à despedida do povo por Josué depois de terminar a conquista da terra prometida, e comenta detalhes sobre sua morte e sepultamento (Juízes 2:6-9).

Outros exemplos ainda mais nítidos se encontram nos apêndices no fim do livro. O autor insere duas histórias, completamente foram da sequência geral do livro, para ilustrar as condições de anarquia em Israel: “Naqueles dias, não havia rei em Israel; cada um fazia o que achava mais certo” (Juízes 17:6; 18:1; 19:1; 21:25). Apesar de serem colocados no fim do livro, esses apêndices relatam acontecimentos do início do período dos Juízes, que durou mais de 300 anos. Podemos ter uma noção da data por envolverem netos de Moisés e Arão, ou seja, pessoas da geração depois de Josué, exatamente onde o livro começa.

O estudo dos livros da Bíblia requer atenção aos detalhes para entender a sequência e o contexto de cada acontecimento.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA