Share Button
Estudos Bíblicos

A Ambição Fatal do Comandante Abner

A decisão de Deus de tirar o poder da casa de Saul foi clara. Ele condenou o primeiro rei de Israel, finalmente terminando seu reinado em uma guerra entre os israelitas e os filisteus. Saul e três dos seus filhos morreram no campo de batalha (1 Samuel 31).

Mesmo depois da derrota esmagadora, o comandante do exército de Saul, tio deste rei, não queria se submeter à decisão divina. O comandante Abner pegou Isbosete, o único filho de Saul que ainda estava vivo, e o constituiu rei sobre Israel (2 Samuel 2:8-10). Davi, o rei escolhido por Deus, prevaleceu nas batalhas entre os homens de Abner e as forças leais ao ungido do Senhor.

Abner não desistiu das suas ambições. Tomou passos para se fortalecer na casa do seu falecido sobrinho, dando sinais da sua intenção de tomar o reino das mãos de Isbosete. Quando o rei-fantoche Isbosete questionou as intenções do comandante, este rompeu com o filho de Saul e fez aliança com Davi (2 Samuel 3:6-21). Neste ato, ele fez a coisa certa, mas seus motivos não ficaram claros. Se fosse por respeito à determinação de Deus de passar o reino para Davi, por que não jurou lealdade a Davi logo no início? Por que tentar arrancar o reino das mãos do homem escolhido pelo Senhor e, só depois de se enfraquecer, voltar a servir o mesmo? A dúvida ficou.

Davi aceitou a palavra de Abner, mas seu comandante, Joabe, não confiou no seu adversário. Além de rejeitar inicialmente o rei que Deus escolheu, Abner havia matado um dos irmãos de Joabe. Na sua primeira oportunidade, ele matou Abner, acabando com as ambições do ex-comandante de Israel.

Davi, sendo fiel à sua própria palavra e desejando estabelecer justiça no reino, reprovou o ato de Joabe, deixando a seu filho executar a sentença anos depois (2 Samuel 3:31-39; 1 Reis 2:5-6,31-34).

A Bíblia, como a História secular, apresenta diversos exemplos das consequências das ambições de homens que abandonam seus escrúpulos para ganhar vantagens. A desonestidade, a traição e a crueldade são armas comuns nas mãos de homens egoístas e carnais. Destroem seus inimigos só para sofrer da mesma maneira das mãos de outros, talvez igualmente ruins. Podem até alcançar posições de poder, mas tudo passa rapidinho. Abner pode ter sonhado com a coroa do seu sobrinho, mas sua vida terminou na violência, e sua família caiu em esquecimento.

É muito melhor nos dedicar à busca da honra de Deus do que nos perder nas ambições egoístas!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA