Share Button
Estudos Bíblicos

Vaidade Debaixo do Sol

Os filósofos procuram fazer sentido da vida e validar escolhas que parecem proveitosas. O resultado dessa busca depende muito da perspectiva do pensador e dos princípios que orientam suas avaliações.

Salomão, o terceiro rei de Israel, foi um dos maiores filósofos de todos os tempos. Os escritos desse homem sábio têm influenciado uma boa parte da população humana ao longo de 3.000 anos. Ele escreveu alguns dos Salmos, o Cântico dos Cânticos, e a maior parte do livro de Provérbios.

O texto mais filosófico de Salomão é o livro de Eclesiastes, que relata as conclusões da sua busca por sentido na vida. Salomão procurou felicidade de várias maneiras. Sendo um homem abençoado com grande inteligência, ele valorizou o acúmulo de conhecimento, mas não se satisfez. Ele procurou, sem êxito, satisfação nas bebidas, nas riquezas e no trabalho.

Salomão chegou à conclusão que é vaidade buscar a satisfação olhando para as coisas desta vida, as coisas “debaixo do sol”. Ele já estabelece esse tom no início do livro: “Palavras do Pregador, filho de Davi, rei de Jerusalém. Vaidade de vaidades, diz o Pregador. Vaidade de vaidades! Tudo é vaidade. Que proveito alguém tem de todo o seu trabalho, com que se afadiga debaixo do sol?” (Eclesiastes 1:1-3). Depois de falar sobre ciclos terrestres e a futilidade de esperar algum resultado diferente, ele comenta: “Vi todas as obras que se fazem debaixo do sol, e eis que tudo é vaidade e correr atrás do vento” (Eclesiastes 1:14).

A mensagem de Salomão não é pessimista, e sim realista. Ele reconhece a futilidade das obras humanas nesta vida (o significado da expressão “debaixo do sol”), mas não se contenta com isso. Se fosse um ateu, seria deprimente mesmo, mas Salomão acreditava em Deus e buscava o sentido eterno da vida, não apenas as coisas desta vida terrestre. No final do livro, ele frisa a contabilidade dos seres humanos diante do Criador (Eclesiastes 11:9) e chama todos a servirem a Deus (Eclesiastes 12:1). Ele encerra o livro com uma declaração da importância do foco espiritual na vida: “De tudo o que se ouviu, a conclusão é esta: tema a Deus e guarde os seus mandamentos, porque isto é o dever de cada pessoa. Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más” (Eclesiastes 12:13-14).

Quem busca felicidade debaixo do sol se decepcionará. Para achar sentido na vida terrestre, precisamos olhar para o céu!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA