Share Button
Estudos Bíblicos

Paulo Prometeu Prosperidade?

O apóstolo Paulo escreveu: “E isto afirmo: aquele que semeia pouco também colherá pouco; e o que semeia com fartura também colherá com fartura” (2 Coríntios 9:6). Esse versículo é citado frequentemente pelos pregadores da teologia da prosperidade como promessa divina de prosperidade para pessoas que são fiéis como “ofertantes” ou “dizimistas”. Considerando o contexto desse trecho e outros ensinamentos do Novo Testamento, como devemos entender essas palavras de Paulo?

Sem dúvida, o contexto de 2 Coríntios capítulos 8 e 9 trata de questões financeiras. Nessa epístola, como também na primeira carta aos coríntios e na carta aos Romanos, Paulo falou das ofertas feitas por várias congregações para ajudar os santos necessitados na Judeia. Ele elogiou os cristãos da Macedônia para incentivar a generosidade dos coríntios (2 Coríntios 8:1-4). Ele não queria que contribuíssem apenas por obrigação, mas como demonstração do seu amor (2 Coríntios 8:8; 9:7).

Considerando apenas esses fatos, seria possível alguém entender a promessa da colheita como garantia de prosperidade para aqueles que ofertam com generosidade. Mas, antes de defender essa tese, devemos considerar alguns outros fatos.

No próprio contexto, o assunto não se limita às questões de bens materiais. Por trás da generosidade financeira dos macedônios estava sua dedicação espiritual: “E não somente fizeram como nós esperávamos, mas, pela vontade de Deus, deram a si mesmos, primeiro ao Senhor, depois a nós” (2 Coríntios 8:5).

A graça foi encontrada no ato de dar, não em receber. Os macedônios não procuraram prosperidade material. Pelo contrário, mesmo sendo pobres, pediram a graça de usar seus recursos para ajudar outros (2 Coríntios 8:1-4). Esse fato concorda perfeitamente com o ensinamento de Jesus: “Mais bem-aventurado é dar do que receber” (Atos 20:35).

Em outro ensinamento sobre a generosidade financeira. Paulo escreveu para Timóteo sobre seu papel de ensinar outros sobre suas responsabilidades. Ele falou especificamente dos ricos: “Exorte os ricos deste mundo a que não sejam orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para o nosso prazer. Que eles façam o bem, sejam ricos em boas obras, generosos em dar e prontos a repartir; ajuntando para si mesmos um tesouro que é sólido fundamento para o futuro, a fim de tomarem posse da verdadeira vida” (1 Timóteo 6:17-19). Dois fatos se destacam aqui. Primeiro, Paulo falou contra a confiança nas riquezas. No mesmo capítulo, ele ensinou contentamento com as necessidades básicas da vida, porque o acúmulo de bens nesta vida é inútil (1 Timóteo 6:6-10). É totalmente incoerente pensar que o mesmo apóstolo incentivaria a busca de riquezas materiais. Segundo, ele chama todos a olharem para a eternidade para alcançar a verdadeira vida.

Sabendo da fidelidade de Paulo como apóstolo, é inconcebível que ele ensinaria a busca da prosperidade material.

Jesus ensinou que as verdadeiras riquezas não são materiais, e sim eternas (Lucas 16:9,11). Ele foi claro no seu ensinamento contra a busca de riquezas: “Não acumulem tesouros sobre a terra, onde as traças e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntem tesouros no céu, onde as traças e a ferrugem não corroem, e onde ladrões não escavam, nem roubam. Porque, onde estiver o seu tesouro, aí estará também o seu coração” (Mateus 6:19-21). Os pregadores da teologia da prosperidade não pregam a doutrina de Cristo!

Não deixemos enganadores e falsos professores nos iludir com interpretações distorcidas de versículos isolados. Vamos considerar todo o ensinamento das Escrituras e buscar a verdadeira recompensa eterna e celestial.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA