Share Button
Estudos Bíblicos

Salmo 117: Louvai-o, Todos os Povos

O menor dos Salmos, aliás, o menor “capítulo” da Bíblia, o Salmo 117 transmite uma mensagem imensa e central ao ensinamento bíblico. Não sabemos quando ou por quem esse hino foi composto. Sua posição no livro o coloca entre os hinos tradicionalmente cantados na Páscoa dos judeus.

Uma vez por ano, os judeus lembravam seu livramento da escravidão no Egito na celebração da Páscoa. Era um dia de comemoração da salvação nacional, quando Deus separou esse ramo da família de Abraão para tomar seu lugar especial como a nação escolhida. Devido à teimosia do faraó e dos outros egípcios, Deus matou seus primogênitos e levantou o povo de Israel à posição de primogênito do Senhor (Êxodo 4:22-23).

No contexto de lembrar das grandes obras salvadoras de Deus para com Israel, é fácil compreender a inclusão nessa festa importante de hinos como o Salmo 114, que oferece louvor a Deus por causa da salvação dos hebreus da opressão egípcia. A inclusão do Salmo 117, porém, é especialmente notável, pois esse hino não tem tom nacionalista. Pelo contrário, é um hino de louvor universal.

“Louvai ao SENHOR, vós todos os gentios, louvai-o, todos os povos. Porque mui grande é a sua misericórdia para conosco, e a fidelidade do SENHOR subsiste para sempre. Aleluia!” (Salmo 117)

A palavra “gentio” tem suas raízes no Latim, e aparece frequentemente em algumas traduções da Bíblia para representar outras nações em contraste com os judeus. Normalmente, a ideia é de povos que não fazem parte do povo de Deus e não participam da comunhão da sua aliança com seus escolhidos. “Pagão” é uma outra palavra usada para fazer a mesma distinção. No primeiro verso de Salmo 117, “gentios” e “povos” são sinônimos.

Alguns estudiosos acreditam que esse Salmo teria sido usado para iniciar ou encerrar períodos de adoração. É fascinante cogitar o emprego desse hino para abrir ou encerrar o louvor em uma festa de tom altamente nacionalista. Judeus celebrando seu livramento e exaltação como o povo escolhido estariam chamando todas as outras nações a participarem da adoração! É um convite para os povos a reconhecerem a misericórdia de Deus e participar do seu louvor.

A natureza universal da mensagem salvadora é evidente do primeiro ao último livro da Bíblia. A promessa que separou Abraão e seus descendentes das outras nações cogitava o benefício espiritual estendido a todos (Gênesis 12:3). Mensagens proféticas em livros escritos por judeus falavam da salvação dos gentios e do reino universal do Messias, ou Cristo (Amós 9:11-12, Isaías 2:1-4, Salmo 2:6-9 e Daniel 2:44 são alguns exemplos).

Muitas vezes, porém, o orgulho nacional dos hebreus ocultava essa mensagem de misericórdia universal. O profeta Jonas ficou bravo quando Deus poupou os ninivitas. Quando Jesus se fez carne e andou entre os judeus, ele encontrou uma nação que havia lutado durante séculos para sobreviver em um ambiente hostil. Muitos judeus da sua época demonstraram desprezo total dos gentios.

Apesar da mensagem de Jesus ao enviar os apóstolos para pregar às nações (Mateus 28:19; Marcos 16:15; Atos 1:8), eles e outros dos primeiros cristãos demoraram para entender que a salvação não se limitava aos judeus. Nos primeiros anos, pregavam somente para judeus (Atos 11:19). Mas, Deus abriu os olhos de Pedro e escolheu Paulo como embaixador especial aos gentios, e a mensagem foi pregada para todos (Atos 10:34-35; Efésios 3:8; Colossenses 1:23).

Uma vez que compreenderam a vontade de Deus de salvar todos (1 Timóteo 2:3-4), Paulo, Pedro e outros devem ter cantado esse pequeno Salmo com mais fervor do que nunca. Nós, também, devemos louvar a Deus por sua misericórdia oferecida a todos.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA