Share Button
Estudos Bíblicos

Trocadilhos na Bíblia?

Quando Max Nunes disse “Com os preços praticados em planos de saúde, uma simples fatura em decorrência de uma fratura pode acabar com a nossa fartura”, ele empregou um recurso literário chamado de paronomásia, que significa “Figura de retórica que consiste em reunir na mesma frase palavras quase idênticas no som, mas de significação diferente” (fonte: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, consultado em 16-07-2018 ). Na linguagem mais popular, falamos de trocadilhos, um aspecto da comunicação humana que ouvimos diariamente.

Considere um exemplo de outro recurso literário (esse encontrado Atividades Pedagógicas)

M aravilhosa

A miga

M eiga

à tenciosa

E special

Quantas crianças já chegaram da escola no mês de maio com um cartão colorido e uma mensagem desse tipo em homenagem à sua mãe? Essa figura é chamada de acróstico.

É basicamente impossível traduzir trocadilhos e acrósticos de um idioma para outro. Palavras parecidas em um idioma podem ter soletrações e sons muito diferentes em outro. Por esse motivo, muitos leitores da Bíblia não sabem que ela contém vários poemas acrósticos e muitos exemplos de paronomásia. Ou seja, Deus usou trocadilhos na Bíblia!

O ponto não é que Deus usou profetas e apóstolos para contar piadas, e sim que ele usou esses recursos comuns da comunicação verbal para transmitir mensagens sérias e importantes. Vamos considerar alguns exemplos.

Acrósticos. O Antigo Testamento contém vários poemas acrósticos, especialmente nos livros de Salmos e Lamentações. Esses poemas tipicamente têm 22 versos que iniciam com as 22 letras do alfabeto hebraico, um fato completamente perdido na tradução. O mais conhecido é o Salmo 119, com 176 versos divididos em 22 estrofes, com cada verso da mesma estrofe iniciando com a mesma letra hebraica (mais informações nestes artigos: Os Salmos Acrósticos e Salmos: O Hinário de Israel). Os primeiros quatro capítulos do livro de Lamentações, também, são acrósticos.

Paronomásia ou trocadilhos. Especialmente no Antigo Testamento, palavras com soletrações quase iguais ou sons parecidos aparecem nos mesmos contextos como maneira de frisar o ensinamento. Estudiosos que conhecem a língua hebraica frequentemente mostram esses trocadilhos nos seus comentários. Alguns sugerem que o primeiro exemplo aparece nas primeiras palavras do primeiro versículo de Gênesis! (fonte: Electrum Magazine, consultado em 16/07/2018). Em Gênesis 3, as palavras traduzidas “sagaz” (identificando a serpente no versículo 1) e “nus” (o que Adão e Eva perceberam depois de pecar no versículo 7), são muito parecidas. Quando José interpretou os sonhos do copeiro e padeiro na prisão, ele usou a mesma expressão para falar do destino dos dois, literalmente de levantar a cabeça. No caso do copeiro, o sentido é de ser restaurado ao seu ofício, mas no caso do padeiro, é de ter a cabeça levantada ou tirada fora do corpo (Gênesis 40:13,19). São apenas alguns de muitos exemplos em Gênesis. Outros livros usam o mesmo estilo. Um dos casos mais fascinantes se encontra em Miqueias 1:10-16, onde os castigos de várias cidades são descritos por meio de trocadilhos.

Por que os autores inspirados por Deus usaram esses recursos? Primeiro, porque fazem parte da comunicação normal entre seres humanos, e Deus fala para nós em linguagem que entendemos. Segundo, o uso desses estilos literários facilita nossa compreensão. É mais fácil lembrar de frases criativas ou de poemas acrósticos. Deus quer que suas mensagens sejam ouvidas, lembradas e praticadas e, por isso, comunicou numa forma que facilita para nós!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA