Share Button
Estudos Bíblicos

Salmo 119: Puríssima é a Tua Palavra

Com 176 versos, o Salmo 119 é o maior de todos. É um hino extremamente rico que merece nossa atenção. Sugiro que abra sua Bíblia para ler esse Salmo antes de continuar a leitura aqui.

O autor do Salmo não se identificou, mas obviamente era um amante da palavra de Deus. Sugestões de possíveis compositores incluem Davi e Esdras, certamente homens que valorizavam cada palavra comunicada por Deus aos seus servos.

A estrutura desse Salmo é fascinante. A maioria das Bíblias impressas corretamente dividem o Salmo em 22 estrofes de 8 versos cada. Embora as traduções não consigam transmitir este fato, é um poema acróstico que segue as letras do alfabeto hebraico. Não somente cada estrofe, mas cada verso da estrofe inicia com a letra correspondente. Se fosse fazer a mesma coisa em português, teria 8 versos começando com a letra A, depois 8 iniciando com B e assim em diante até chegar à letra Z. O estilo acróstico aparece em outros lugares no Antigo Testamento: alguns outros Salmos, os primeiros quatro capítulos do livro de Lamentações etc. Um possível motivo de usar esse tipo de composição seria para facilitar a memorização do hino para cantar na adoração a Deus.

O hino focaliza um único tema do começo ao fim utilizando uma variedade de sinônimos. O autor elogia a palavra de Deus usando termos como lei, caminho, prescrições, mandamentos, preceitos, juízos, decretos, palavra, testemunhos, veredas etc.

Em cada verso desse cântico, o valor da palavra de Deus é frisado. O tempo para ler e meditar na sua mensagem é bem investido, pois nos chama a evitar a insensatez do pecado e seguir a sabedoria revelada pelo Senhor. Todos os 176 versos merecem destaque, mas o nosso espaço aqui é limitado, então vou usar o que resta para citar alguns que são especialmente memoráveis.

“Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca” (verso 4). Mesmo entendendo que todos nós falhamos (Salmo 14:1-3; Romanos 3:23), e que somos incapazes de merecer a aprovação de Deus (Efésios 2:8-9) devemos nos esforçar para cumprir o que o Senhor ordenou. Jesus definiu o verdadeiro motivo dessa obediência: amor para com ele (João 14:15,23).

“De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra” (verso 9). A Bíblia não foi revelada para pessoas velhas que só pensariam na eternidade depois de gastar seus melhores anos satisfazendo desejos egoístas. É muito mais fácil manter uma roupa limpa do que tirar manchas, e assim o salmista aconselha os jovens a manter sua pureza.

“Ensina-me, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até ao fim” (verso 33). O autor desse Salmo demonstra a atitude que Deus exige de todos que querem estar com ele: a determinação de viver de acordo com sua palavra. No Novo Testamento, Tiago ensinou sobre a importância de ser praticantes, e não apenas ouvintes, da palavra de Deus (Tiago 1:22-25).

“Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos” (verso 71). A nossa tendência é fugir da aflição, e muitos falsos mestres sugerem que o propósito do cristianismo seja o livramento de sofrimento nesta vida. Tanto aqui quanto no Novo Testamento, Deus ensina que o sofrimento traz benefícios espirituais importantes (Tiago 1:2-4; 2 Coríntios 12:10).

“Compreendo mais do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos. Sou mais prudente que os idosos, porque guardo os teus preceitos” (versos 99 e 100). É comum desprezar as Escrituras, achando mais relevante o “conhecimento” adquirido por outros meios. Podemos aprender muito da Ciência e outras disciplinas, mas as informações de valor eterno se encontram nas palavras que Deus revelou.

“Amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro refinado” (verso 127). Na busca de prosperidade material que ocupa o nosso tempo e domina os nossos pensamentos, poucos diriam que o maior lucro vem do estudo das Escrituras. O autor do Salmo 119 viu claramente a verdadeira riqueza que Deus deixou para nós na sua palavra.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA