Share Button

Salmo 83: Ó Deus, Não Te Cales

Salmo 83 é um apelo que demonstra confiança em Deus em um momento de crise nacional, quando Israel foi ameaçado por uma aliança de várias nações.

Os poemas atribuídos a Asafe apresentam um desafio quando tentamos organizar os Salmos em ordem cronológica. Embora o homem mais conhecido com esse nome tenha sido um contemporâneo de Davi, alguns dos Salmos que trazem seu nome tratam de acontecimentos que ocorreram séculos depois de Davi. Há três possíveis explicações: (1) Mais de um autor do mesmo nome escreveu em datas diferentes; (2) O mesmo Asafe escreveu, e assim falou desses eventos profeticamente; (3) Salmos escritos por outros, provavelmente descendentes de Asafe, foram publicados sob seu nome.

Salmo 83 trata da ameaça de uma confederação de nações contra Israel. Seus versos podem se referir à guerra durante o reinado de Josafá (relatada em 2 Crônicas 20), ou talvez às agressões lideradas pela Assíria no tempo de Ezequias (2 Reis 18-19). É muito mais importante apreciar a confiança do autor em Deus do que identificar a circunstância histórica específica.

Como é comum nas grandes orações nas Escrituras, essa apresenta o apelo de Asafe na base da grandeza de Deus. Não é apenas um pedido de proteção divina, mas uma solicitação baseada nos interesses de Deus. Os inimigos de Israel afrontavam o Deus de Israel, e a vitória sobre esses adversários seria um ato de justiça divina.

“Ó Deus, não te cales; não te emudeças, nem fiques inativo, ó Deus! Os teus inimigos se alvoroçam, e os que te odeiam levantam a cabeça. Tramam astutamente contra o teu povo e conspiram contra os teus protegidos. Dizem: Vinde, risquemo-los de entre as nações; e não haja mais memória do nome de Israel Pois tramam concordemente e firmam aliança contra ti” (versos 1 a 5).

Israel esperava a proteção de Deus porque entendeu sua posição como o povo do Senhor. Quando os inimigos tramaram seus planos para aniquilar a nação de Israel, o povo escolhido buscou sua defesa em Deus. No mesmo sentido, cristãos hoje sabem que Deus ouve suas orações porque mantêm comunhão com ele (1 João 3:22; 5:14-15).

A primeira parte do Salmo identifica a ameaça e solicita o livramento divino (versos 1 a 8), e a segunda parte especifica a ajuda solicitada: a derrota total dos adversários (versos 9 a 18). No texto original, as duas partes são separadas pela palavra “Selá”, que provavelmente indicava uma pausa musical no hino, enfatizando a transição na mensagem.

Essa segunda parte começa com pedidos fundados na história de vitórias que Deus deu ao povo no passado (Juízes 4 e 8).

“Faze-lhes como fizeste a Midiã, como a Sísera, como a Jabim na ribeira de Quisom; os quais pereceram em En-Dor; tornaram-se adubo para a terra. Sejam os seus nobres como Orebe e como Zeebe, e os seus príncipes, como Zeba e como Zalmuna, que disseram: Apoderemo-nos das habitações de Deus” (versos 9 a 12).

O salmista continua seu cântico com descrições dos castigos desejados, usando as forças da natureza controladas por Deus para derrotar, espalhar e humilhar os adversários (versos 13 a 15). O tom do Salmo, porém, não se limita aos apelos imprecatórios, pois o autor demonstra o desejo que esses inimigos se tornem sujeitos ao Senhor: “Enche-lhes o rosto de ignomínia, para que busquem o teu nome, SENHOR” (verso 16). Da mesma forma que esse hino começa focando a glória do nome do Senhor, encerra com a declaração do objetivo principal do autor: “E reconhecerão que só tu, cujo nome é SENHOR, és o Altíssimo sobre toda a terra” (verso 18).

Aprendemos de Asafe a importância de fundamentar todas as nossas petições no santo e glorioso caráter de Deus. Devemos sempre dar honra a Deus!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA