Share Button

Um Péssimo Investimento: A Parábola do Rico Insensato

Bancos, casas de investimento, vendedores, amigos e parentes nos bombardeiam com conselhos sobre investimentos. Das mais conservadoras contas de poupança aos mais arriscados investimentos especulativos, há uma grande variedade de opções para depositar dinheiro com esperança de lucros para aumentar seu patrimônio.

Jesus usou um caso típico de investimento para ensinar uma lição de grande importância. A história foi simples:

“O campo de um homem rico produziu com abundância. 17 E arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei, pois não tenho onde recolher os meus frutos? 18 E disse: Farei isto: destruirei os meus celeiros, reconstruí-los-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens” (Lucas 12:16-18).

O homem foi bem-sucedido, viu o crescimento do seu negócio e tomou uma decisão de investimento para permitir a expansão. Não há nada demais nisso, pois agiu como um prudente investidor. Em outras parábolas, o próprio Jesus tratou como boas as decisões sábias de investimento (Mateus 25:15-30; Lucas 19:11-27). O problema desse rico não aparece nos atos em si, mas em suas atitudes. Jesus continuou:

“Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te” (Lucas 12:19).

Agora, sim, começamos a perceber o problema. Os ouvintes originais, conhecedores do Antigo Testamento, podem ter lembrado de linguagem parecida em Isaías 22:13, quando o profeta falou de pessoas que enfrentavam o castigo com a chegada dos seus inimigos e, ainda assim, se recusaram a voltar para Deus e confiar nele para receber livramento. Eles tentaram se proteger, mas foram repreendidos por não pensar em Deus: “mas não cogitais de olhar para cima, para aquele que suscitou essas calamidades, nem considerais naquele que há muito as formou” (Isaías 22:11). Da mesma forma, o rico nessa parábola confiava na sua habilidade de acumular riquezas para garantir seu futuro, sem pensar em Deus. Mas o futuro não pertence a nós. A parábola continua:

“Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?" (Lucas 12:20).

Um homem que seria visto por outras pessoas como esperto e sábio por ser um bem-sucedido homem de negócios foi chamado de “louco” por Deus! Quando priorizamos as coisas dessa vida e não valorizamos as coisas eternas, demonstramos a verdadeira loucura!

Esse rico estava vivendo seu último dia na terra, e não sabia. Quantos projetos nunca foram realizados porque a morte interrompeu e impediu os planos humanos? Quantas construções nunca foram terminadas porque os donos morreram durante a execução das obras? É interessante Deus não ter perguntado para o rico sobre “as suas coisas”, e sim sobre “o que tens preparado”. O fato é que qualquer pessoa nessa vida apenas usa recursos “emprestados” durante alguns anos, mas ninguém toma posse perpétua dos seus bens. Quando morremos, as coisas que temos preparado para o nosso futuro ficarão para serem usufruídas por outros.

Para tirar qualquer dúvida sobre o sentido dessa parábola, Jesus acrescentou este comentário:

“Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus” (Lucas 12:20). O ponto é simples. Deus não deve ser uma das prioridades na nossa vida, ele deve ser a prioridade. Devemos investir nossa vida – tempo, dinheiro, recursos, energia, influência – na busca da vontade do nosso Criador, com esperança de viver eternamente dando glória para ele. Qualquer outra prioridade é loucura. Em outra ocasião, Jesus perguntou: “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Que daria um homem em troca de sua alma?” (Marcos 8:36-37). Devemos responder honestamente a essas perguntas!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA