Share Button

O Mesmo Destino

O apóstolo Paulo foi, sem dúvida, um dos mais dedicados e mais influentes dos seguidores de Jesus Cristo. Ele foi inspirado por Deus para escrever quase a metade dos livros do Novo Testamento (todas as epístolas de Romanosa Filemom), e o registro do seu trabalho ocupa a segunda metade do livro de Atos. Seus ensinamentos revelam um profundo entendimento do plano de Deus para a salvação, e suas abordagens a pessoas diferentes são excelentes exemplos para qualquer cristão que deseja compartilhar a sua fé com outros.

Encontramos em um único capítulo, Atos capítulo 17, exemplos das maneiras que Paulo trabalhou com pessoas de perspectivas diferentes.

Em Tessalônica e em Bereia, Paulo, Silas e Timóteo começaram seu trabalho nas sinagogas dos judeus. Esses três evangelistas eram judeus e, por isso, gozavam livre acesso às congregações hebraicas. Eles conheciam seus ouvintes, pessoas criadas no judaísmo e acostumadas ao estudo das suas Escrituras, o que chamamos hoje de Antigo ou Velho Testamento. Quando chegaram em Tessalônica, eles apresentaram evidências das Escrituras para mostrar que Jesus de Nazaré cumpriu as profecias sobre o Cristo (Messias em hebraico, uma palavra que significa ungido), assim afirmando a necessidade da fé em Jesus para a salvação dos homens (Atos 17:2-3). Algumas pessoas foram persuadidas pela mensagem pregada em Tessalônica. Em Bereia, a abordagem foi a mesma: Paulo e Silas foram para a sinagoga, onde sua mensagem foi verificada nas Escrituras pelos ouvintes, e muitos creram (Atos 17:10-12). Quando ensinaram judeus, pessoas versadas nas Escrituras, Paulo e seus companheiros começaram com as próprias Escrituras para apresentar sua mensagem sobre Jesus.

Quando ele saiu de Bereia, Paulo foi pelo litoral para chegar em Atenas. Nesse caminho, ele passou o monte Olimpos, considerado a morada dos principais deuses da mitologia grega. (Pode encontrar uma explicação básica religião dos gregos aqui: (https://pt.wikipedia.org/wiki/Deuses_olímpicos). Atenas foi uma cidade de grande importância entre os gregos. Devido em parte à influência de Sócrates, Platão e Aristóteles, filósofos ativos em Atenas mais de 400 anos antes da visita de Paulo, Atenas assumiu uma posição de grande importância na cultura, educação, política e filosofia dos gregos e romanos. Foi uma cidade importante, também, na religião politeísta dos gregos e romanos, com templos e imagens honrando os vários deuses da sua mitologia.

Paulo ficou um tempo sozinho em Atenas, esperando a chegada dos seus companheiros. Como havia feito nas outras cidades, ele procurou judeus na sinagoga, mas também ensinou na praça todos os dias (Atos 17:16-17). Teve debates com os filósofos da cidade, que abriram oportunidade para ele defender seus ensinamentos no Areópago, local das reuniões do conselho que governava a cidade e decidia sobre questões de educação e ciências (Atos 17:18-21).

Nesta ocasião, Paulo não começou com as Escrituras que os judeus respeitavam. Ele citou os monumentos religiosos da cidade honrando os vários deuses gregos, e chamou atenção à inscrição em um altar que ele havia visto em Atenas: “Ao Deus Desconhecido” (Atos 17:22-23). Aproveitando essa admissão pelos gregos de uma lacuna no seu entendimento da divindade, Paulo fez seu discurso sobre o Deus que eles não conheciam, mas que realmente é o único Deus verdadeiro. Diferente dos deuses limitados do panteão grego, que mostraram características humanas e, muitas vezes, agiam como crianças mimadas, Paulo falou de um só Deus que criou e governa o universo. Continuou o seu argumento até chegar a Jesus, enviado por Deus, ressuscitado dentre os mortos e elevado para julgar todos os povos! Sugiro que leia o relato do discurso de Paulo em Atos 17:22-31.

Dependendo do conhecimento e das crenças dos seus ouvintes, Paulo escolheu pontos de partida apropriados. Entre judeus, ele começou com as profecias do Antigo Testamento. Entre os adeptos das filosofias e da mitologia grega, ele começou com essas mesmas ideias para levar os ouvintes ao entendimento do verdadeiro Deus, Criador e Redentor. Paulo começou em pontos diferentes, mas guiou seus ouvintes ao mesmo destino, o único Salvador que abre acesso ao Pai, Jesus Cristo (1 Coríntios 1:23; 2:2). No final das contas, há um só caminho que leva à vida eterna!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA