Share Button

Sacrifícios que Agradam a Deus

Uma vez que Jesus fez o sacrifício completo e perfeito na cruz do Calvário, não há mais lugar no plano de Deus para sacrifícios de animais queimados em altares de pedra. Jesus cumpriu a Lei do Antigo Testamento e removeu completamente aquele sistema (Colossenses 2:13-15). Seguidores de Cristo não têm nenhum motivo para participar desse tipo de sacrifício nos dias de hoje.

Seria igualmente errado, porém, afirmar que serviço a Cristo sob a Nova Aliança não envolve sacrifícios. Vamos considerar ensinamentos importantes do Novo Testamento sobre os sacrifícios que agradam a Deus.

No Antigo Testamento, Deus escolheu uma das tribos de Israel para o serviço sagrado e, por isso, todos os sacerdotes foram homens da tribo de Levi. No Novo Testamento, porém, a igreja é descrita como “raça eleita, sacerdócio real, nação santa” (1 Pedro 2:9). Não temos necessidade de intermediários humanos para chegar a Deus, pois todos os cristãos são sacerdotes que participam desse privilégio.

No nosso papel de sacerdotes, temos o benefício do perfeito modelo, o sumo sacerdote, Jesus Cristo: “Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão... Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”(Hebreus 4:14-16). Os sacerdotes do Antigo Testamento eram homens que levavam o sangue de animais para a presença de Deus, mas Jesus é o sumo sacerdote que levou seu próprio sangue quando entrou na presença do Pai (Hebreus 9:12). Jesus foi sacerdote e sacrifício, e nós devemos imitar seu exemplo. Assim, Pedro diz que oferecemos “sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo” (1 Pedro 2:5) e Paulo completa a ideia quando diz: “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”(Romanos 12:1). Antes de dar alguma coisa ou dedicar algum ato de serviço a Deus, é necessário dar a nossa própria vida ao Senhor, como fizeram os cristãos da Macedônia (2 Coríntios 8:3-5). Quando nos lembramos do desafio lançado por Jesus, esse sacrifício de si mesmo não é surpreendente. Ele disse que seus discípulos precisam negar a si mesmo, tomar sua própria cruz e seguir a Jesus (Lucas 9:23). Paulo tomou sua cruz quando matou o velho homem e deixou Cristo tomar controle da sua vida: “Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”(Gálatas 2:19-20).

Com esta base de sacrificar a si mesmo, o cristão oferece como sacrifícios seus atos de serviço a Deus. Paulo elogiou os cristãos em Filipos pelo sacrifício e serviço da sua fé (Filipenses 2:17). Nisso, também, Jesus deu o perfeito exemplo, pois mostrou sua disposição de servir aos outros: “...tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mateus 20:28).

Embora os seguidores de Jesus não vivam sob a Lei do Antigo Testamento que exigia dízimos dos israelitas, ainda têm a responsabilidade de usar seus recursos financeiros para a obra do Senhor. Paulo ensinou os cristãos a contribuirem com alegria “conforme a sua prosperidade”como demonstração da sinceridade do seu amor (1 Coríntios 16:2; 2 Coríntios 8:8; 9:7). Aqueles que generosamente ofereceram seu dinheiro para o trabalho de Deus foram elogiados por fazer um “sacrifício aceitável e aprazível a Deus” (Filipenses 4:18).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA