Share Button

Paulo, Barnabé e Pais

Qualquer pessoa que costuma ler e estudar o Novo Testamento conhece os nomes Paulo e Barnabé e sabe como esses dois cristãos cooperaram no trabalho do Senhor. Seus nomes aparecem juntos várias vezes no livro de Atos, e Paulo cita o nome desse amigo em três das suas epístolas.

Houve um episódio no trabalho desses dois homens que ensina lições importantes para pessoas que procuram ajudar outros, inclusive os pais que guiam seus filhos. Vamos considerar a história e o que aprendemos dela.

Depois de trabalhar juntos por mais de um ano, Barnabé e Paulo foram enviados para pregar em vários outros lugares em uma viagem geralmente conhecida como a primeira viagem missionária de Paulo (Atos 13 e 14). Nesta viagem, o primo de Barnabé, João Marcos, os ajudou por um tempo. Quando, porém, chegaram a uma região especialmente difícil, Marcos voltou para Jerusalém. Paulo e Barnabé persistiram e continuaram seu trabalho, apesar de sérias perseguições.

Algum tempo passou depois de terminar essa primeira viagem, e Paulo e Barnabé começaram a planejar uma segunda. Barnabé falou de levar Marcos, mas Paulo discordou fortemente. Ele não confiava em Marcos por este ter abandonando o trabalho na primeira viagem. Quando nenhum dos dois conseguiu persuadir o outro, decidiram separar-se e trabalhar em regiões distintas. Barnabé levou Marcos, e Paulo escolheu outro companheiro, Silas, para o ajudar. Saíram separadamente e realizaram trabalhos em lugares diferentes.

Vale a pena pausar aqui para fazer uma pergunta: Quem estava certo, Paulo ou Barnabé? Paulo foi mais duro, podemos dizer mais justo, e Barnabé foi mais paciente, mas compreensivo. Quem estava correto?

É interessante notar que o relato não atribui erro a nenhum dos dois, e nenhuma outra passagem no Novo Testamento sugere que um estava certo e o outro, errado. Não foi uma briga doutrinária, nem uma escolha entre certo e errado. Foi uma diferença de abordagem ao trabalho com um irmão. Um dos resultados foi que mais trabalho foi feito por duas equipes do que teriam feito em uma só.

Qual dos dois homens ajudou João Marcos? Não duvido que, de maneiras diferentes, os dois tenham ajudado. Marcos precisou de uma correção forte, como diríamos hoje, precisou levar uma bronca, e Paulo cumpriu esse papel mostrando sua frustração com o procedimento desse ajudante na primeira viagem. Marcos precisou, também, de encorajamento e ajuda para crescer, e Barnabé fez bem nesse aspecto. Ele deu uma segunda chance, mostrando confiança que Marcos faria melhor na outra viagem.

Em termos práticos, observamos um equilíbrio parecido no trabalho de pais na criação dos filhos. Homens e mulheres foram criados diferentes, e o plano de Deus é que filhos sejam criados por uma equipe de pai e mãe. Quando um filho erra, é comum o pai ser mais duro (como Paulo foi com Marcos), enquanto a mãe se mostra mais compreensiva (como Barnabé fez com seu primo). Não é que a mãe deve contrariar as decisões do pai, mas ela, frequentemente, mostra mais compaixão e incentiva o filho a se levantar e tentar de novo. Não devemos achar essa diferença ruim. O filho, muitas vezes, precisa da “bronca” do pai e do abraço da mãe.

Voltando para o caso de Paulo, Barnabé e Marcos, devemos observar o resultado. Mais de dez anos depois dessa desavença, Paulo escreveu para Timóteo: “Toma contigo Marcos e traze-o, pois me é útil para o ministério” (2 Timóteo 4:11). Além de Paulo reconhecer o valor de Marcos, milhões de pessoas têm recebido um benefício direto do trabalho dele, pois é o mesmo que escreveu o Evangelho segundo Marcos, um dos quatro relatos bíblicos da vida de Jesus.

Pais e outros encarregados de responsabilidades de guiar e corrigir outros, não menosprezem o valor de equipes com personalidades e abordagens diferentes! Ninguém é capaz de suprir todas as necessidades dos outros sozinho, mas quando apreciamos as características diferentes dos companheiros, podemos manter o equilíbrio e realizar trabalhos importantes e bem-sucedidos.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA