Share Button

O Homem que Matou os Bebês

Herodes, o Grande “mandou matar todos os meninos de Belém e de todos os seus arredores, de dois anos para baixo” (Mateus 2:16).

Essa matança, realizada menos de dois anos depois do nascimento de Jesus, tinha o propósito de eliminar um suposto rival que o rei Herodes considerava uma ameaça ao seu trono, uma posição que foi lhe cedida pelos romanos. Dos quatro relatos bíblicos da vida de Jesus, o único que registra o episódio é o de Mateus, um homem que servia por algum tempo como agente do governo romano.

A história é bem conhecida. Homens orientais descritos como magos visitaram o bebê Jesus em uma casa em Belém. Herodes havia dado instruções claras para eles voltarem a Jerusalém para revelar onde Jesus estava. Mas Deus deu outras instruções, e os magos sabiamente escolheram obedecer ao Soberano Rei e não o rei da Judeia. Sem informações exatas sobre a localização do bebê Jesus, e tendo uma noção da sua idade, Herodes mandou matar todos os meninos da região de dois anos para baixo.

Mas, ele não conseguiu matar Jesus, pois José foi obediente ao anjo que Deus mandou falar com ele. Levou Maria e Jesus para o Egito, onde permaneceram até a morte de Herodes, o Grande, no ano 4 a.C. Depois disso, a família voltou para Israel e foi morar em Nazaré, onde Jesus foi criado por José e Maria.

As informações contidas na Bíblia já revelam o caráter desse rei Herodes, mas conseguimos um entendimento maior quando consultamos outros registros históricos. A família dos Herodes eram de descendência idumeia, um povo que habitava ao sul da Judeia e que foi conhecido antigamente como os edomitas, descendentes de Esaú. O pai de Herodes, o Grande, se converteu ao judaísmo e a família passou a ocupar um espaço entre os sujeitos judeus e os romanos, que dominavam a região durante o período do Novo Testamento.

Além dessas informações bíblicas, Herodes, o Grande, fez sua marca na história, principalmente, por dois motivos.

Primeiro, ele realizou grandes obras de construção: cidades, fortalezas, palácios, ginásios e templos para vários deuses, um deles o templo do Senhor em Jerusalém.

Segundo, Herodes é lembrado por sua paranoia exagerada e a consequente crueldade. Não somente tentou matar Jesus na sua infância, mas Herodes matou sua mulher Mariane e os filhos dela, além de outro filho, Antípater. A crueldade desse homem não conhecia limites.

Agora, pensemos em um aspecto importante dessa história em relação aos planos de Deus. O Senhor escolheu mandar seu Filho para nascer durante o reinado desse rei violento. José, Maria e Jesus foram ameaçados por esse governante, e várias crianças inocentes morreram por causa da sua paranoia. Deus permitiu que seu próprio filho sofresse, e não limitou seu sofrimento às últimas horas na cruz. Jesus sofreu injustiças ao longo da vida. A morte na cruz foi o auge da experiência, mas não foi a totalidade das angústias enfrentadas durante a jornada terrestre do Filho de Deus.

Se Deus permitiu tal sofrimento durante toda a vida de Jesus, os seguidores dele não têm direito nem motivo de esperar uma vida livre de sofrimento. Em contraste nítido com as doutrinas pregadas em muitas igrejas hoje, Jesus Cristo disse que seus seguidores sofreriam. Foi no contexto de falar de calúnias, perseguições e até a morte que ele disse: “O discípulo não está acima do seu mestre, nem o servo, acima do seu senhor” (Mateus 10:24).

Qualquer um que promete uma vida neste mundo livre de sofrimento ignora a história bíblica e se mostra um falso mestre que nega o Senhor Jesus Cristo. Os verdadeiros servos de Jesus aceitam maus tratos nesta vida, pois aguardam a vida eterna na presença do Senhor.

- por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA