Como Neemias Orou

Neemias estava servindo como copeiro do rei Artaxerxes na P�rsia quando recebeu m�s not�cias. Seus companheiros judeus que tinham voltado para Jud� estavam sofrendo terrivelmente nas ru�nas de Jerusal�m. Quando ele soube da triste situa��o de seus irm�os, Neemias lamentou, jejuou e orou. Leia sua ora��o, registrada em Neemias 1:5-11, e observe estes aspectos importantes:

1. Ele reconheceu a exaltada posi��o de Deus (1:5). Neemias estava se aproximando do Senhor que � o "Deus dos c�us, Deus grande e tem�vel."

2. Ele reconheceu a humilde posi��o do homem (1:6-7). Diferente dos homens arrogantes de hoje que agem como se tivessem o direito de dar ordens a Deus, Neemias entrou na presen�a de Deus com grande humildade. Ele confessou seus pr�prios pecados e os do povo. Ele n�o fez, nem podia fazer, exig�ncias. Ele era um suplicante indefeso e humilde, que reconhecia a enorme dist�ncia entre o perfeito Deus e os homens pecadores.

3. Ele baseava sua peti��o na absoluta fidelidade de Deus (1:8-10). Neemias n�o tentou convencer Deus a mudar, porque Deus j� � perfeito e justo. Ele cumpre suas promessas. O sofrimento do povo n�o era uma falha de Deus, mas o resultado do pecado deles pr�prios. Esta mesma fidelidade foi a base da esperan�a de Neemias. T�o certo como Deus tem cumprido promessas de castigar, ele cumpri-ria suas promessas de resgate de seu povo escolhido.

4. Ele pediu com f� (1:11). Finalmente, Neemias fez seu pedido. Ele pediu a Deus uma porta aberta para que ele ajudasse seus irm�os. Ele estava se preparando para pedir ao rei para deix�-lo retornar a Jerusal�m para reconstruir os muros. Neemias colocou sua confian�a no Senhor, que � poderoso para aben�oar os planos daqueles que verdadeiramente se dedicam a ele.

Precisamos orar com a mesma humildade e f� que Neemias demonstrava. N�o temos direito de fazer exig�ncias a Deus, mas aqueles que o servem obedientemente gozam do privil�gio de falar humildemente ao Deus dos c�us em ora��o.

-por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
"Senhor, ensina-nos a orar"
Por que Jesus orava?
A ora��o de intercess�o do Senhor
A ora��o do Senhor no jardim
A ora��o do Senhor por uma turba de linchadores
As exorta��es a orar dadas por nosso Senhor
Condi��es para uma ora��o eficaz: f�
Condi��es para uma ora��o eficaz: em seu nome


ESTUDOS B�BLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM �UDIO      MENSAGENS EM V�DEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE EST� ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
�1994, �1995, �1996, �1997, �1998, �1999, �2000, �2001, �2002, �2003, �2004, �2005, �2006, �2007, �2008, �2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu � SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
�1999, �2000, �2001, �2002, �2003, �2004, �2005, �2006, �2007, �2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu � SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permiss�o dos seus autores e editoras, que ret�m direitos autorais sobre seu pr�prio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos B�blicos
estudosdabiblia.net
�1995-2017 Karl Hennecke, USA