Estudo Textual: 1 Timóteo 2:1-15
"Levantando Mãos Santas"

A prática de oração (2:1-8). Visto que Timóteo precisava de firmeza na luta contra falsa doutrina (1:3-20), Paulo o exortou que começasse "antes de tudo" orando (2:1). Jesus falou muito da importância de oração (veja Marcos 9:14-29; Lucas 18:1-8), e oração constante é evidente nas vidas dos seus discípulos (veja Atos 1:12-14; 4:23-31). Paulo exortou a Timóteo que praticasse a oração em todas as suas formas:

• súplicas: pedidos específicos, baseados em necessidades. Timóteo precisava de coragem para pregar apenas a verdade.
• orações: palavras direcionadas a Deus. A oração é uma conversa com o Pai celeste, o Criador do universo.
• intercessões: pedidos em favor de outras pessoas. O cristão tem acesso ao Pai através de Jesus (veja Romanos 5:2; Efésios 2:18 e 3:12) e deve ajudar aos outros que estão perdidos.
• ações de graças: agradecimento por tudo que Deus já fez. 

A oração certa não pensa em si só, mas é feita em favor de outros. Paulo exortava que as orações fossem feitas em favor de todos, e especificamente em favor das autoridades, a fim de que todos vivessem uma "vida tranqüila" (2:1-2). Deus deseja a salvação de todos, e a vida tranqüila facilita que as pessoas "cheguem ao pleno conhecimento da verdade" para que sejam salvas (2:3-4).

Orando "antes de tudo" daria a Timóteo a perspectiva certa. Ele não precisava lutar para defender a si mesmo, mas para defender a verdade de Deus, a testemunha do sacrifício de Jesus "por todos" (2:5-7). Falsos mestres lutam contra Deus e não contra evangelistas. Por isso, é necessário que os homens orem em santidade, "sem ira e sem animosidade" (2:8). A oração certa é feita para salvação e não para condenação. 

Acerca das mulheres (2:9-15). As mulheres também devem refletir a santidade em suas vidas. A mulher não deve chamar atenção para si com a sua aparência física, mas pelas suas boas obras deve mostrar a sua piedade (2:9-10; veja 1 Pedro 3:1-6).

A mulher piedosa é submissa, e aprende "em silêncio" (2:11). Muitos tropeçam com esta palavra, dizendo que as mulheres têm tanta habilidade quanto os homens para ensinar a palavra de Deus, e por isso seria até errado se elas se mantivessem caladas. Porém, a questão não é de habilidade, e sim de autoridade. Paulo não disse que a mulher não é capaz, mas que ela não é permitida. Sem a permissão de Deus para falar, ela deve manter "silêncio" (2:12; 1 Coríntios 14:34-37). Ainda outros se justificam dizendo que esta palavra reflete as "injustiças" da época contra as mulheres. Porém, Paulo não falava da sua época, mas de uma diferença nos papéis de homens e mulheres desde a criação (2:13-15; veja Gênesis 3:16-17). A mulher piedosa respeitará os limites de Deus.

Perguntas para mais estudo:

Qual o motivo de oração correta? (2:1-8)

A palavra de Deus permite à mulher ensinar ou exercer autoridade de homem? (2:12) Então, é o plano de Deus que a mulher seja pastora? Bispa? 
Paulo revelou filosofias sociais da sua época, ou a palavra de Deus? (2:9-15; veja 1:1)

por Carl Ballard

Leia mais sobre este assunto:
Senhor, Ensina-nos a Orar
 
Mantendo-nos Salvos
 
Quando a oração é abominável
 
Respeitar a mãe
 
Duas Mulheres de Sidom
 
A Vestimenta Que Agrada a Deus
 
A mulher cristã pode usar jóias? 
Um Desafio Especial para as Mulheres
 
O Papel das Mulheres no Plano de Deus


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA