Share Button

Salmo 40: Esperei Confiantemente pelo SENHOR

É comum encontrar, nos Salmos de Davi, apelos ao Senhor pedindo livramento de crises, especialmente das mãos dos seus inimigos. Normalmente, ele começa com suas súplicas e encerra com expressões de gratidão e louvor. No Salmo 40, Davi inicia com uma declaração do livramento que ele recebeu de Deus. Sua confiança no poder do Senhor para salvar motiva sua adoração e seu ensinamento, e serve como base dos seus novos apelos por ajuda.

Davi abre o Salmo 40 dizendo que Deus o ouviu e o salvou. Quando Deus nos salva, ele nos coloca em terra firme e nos dá motivo para adorá-lo (versos 1 a 4). O contraste apresentado aqui é nítido. Antes de ser resgatado por Deus, Davi estava no fundo de um poço. A expressão paralela traz a imagem de um homem tentando ficar em pé e se movimentar em um brejo. Qualquer um que já pisou num atoleiro entende a dificuldade de se livrar. Em contraste com o estado de Davi antes de ser salvo pelo Senhor, sua condição com Deus é de um homem firmado em uma rocha. Sua menção de um cântico novo reforça o tema da salvação. A comparação do segundo verso com o quarto deixa claro que os arrogantes e mentirosos nada mais são do que areia movediça. Devemos confiar no Senhor, e nunca em pessoas de mau caráter.

Deus merece o louvor por causa das inúmeras maravilhas que tem feito (verso 5). Davi cita as obras do Senhor e, especificamente, sua bondade para com as pessoas que confiam nele. Deus é incomparável e seus feitos são inumeráveis! As palavras de Davi nos lembram do final do relato que João escreveu da vida de Jesus: “Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos” (João 21:25).

O que Deus deseja do homem é a sua obediência, e não sacrifícios por pecados cometidos contra a vontade do Senhor (versos 6 a 8; veja 1 Samuel 15:22). O autor de Hebreus usa estes versículos para mostrar que os sacrifícios de animais não satisfaziam a Deus, assim explicando a necessidade do sacrifício de Jesus (Hebreus 10:5-7). Se o homem não tivesse pecado, nenhum sacrifício seria necessário. Deus reconhece as nossas falhas e oferece a redenção em Cristo, mas ainda prefere que os filhos sejam obedientes.

O salmista, resgatado da perdição pela graça de Deus, fala abertamente sobre as boas-novas da salvação (versos 9 e 10). Davi não mostrou vergonha da sua fé, e falou com prazer diante do povo de Israel. Quando nós realmente apreciamos a salvação em Cristo, falaremos com outras pessoas.

É somente no final do Salmo que Davi faz petições ao Senhor. Agora, vamos observar seus pedidos.

Ele pede livramento dos seus próprios pecados (versos 11 e 12). Apesar de ocupar uma posição alta no seu papel de rei, Davi necessitava de Deus. Ele precisava constantemente da misericórdia, da graça e da verdade do Senhor. O motivo dessa necessidade é a mesma que deve nos levar a buscar a compaixão de Deus. Davi viu suas numerosas iniquidades e não tinha força para permanecer em pé. Ele precisou do Senhor!

O final do Salmo (versos 13 a 17) é quase idêntico ao Salmo 70. Aqui Davi repete a sua petição por livramento, e pede também que Deus deixe os ímpios envergonhados enquanto liberta os que confiam nele. Davi começou o Salmo afirmando que Deus havia lhe dado livramento, e termina o mesmo hino pedindo a salvação. Esse fato serve para nos lembrar que a guerra continua ao longo da vida. Nunca podemos relaxar e nos sentir imunes de tentações e desafios espirituais. Davi enfrentou adversários durante todas as fases da sua vida, começando antes de ascender ao trono de Israel e continuando até o fim da sua vida. No Novo Testamento, as pessoas que enfrentavam tentações e perseguições foram exortadas a perseverar (Hebreus 12:3-4). Jesus falou das perseguições que a igreja em Esmirna sofria, e ainda disse que teria mais angústias pela frente: “Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2:10).

Davi já recebeu livramento e ainda olhava para frente confiante da salvação divina.

- por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2017 Karl Hennecke, USA