Share Button

Crianças e Regras

Como avô de dez netos, confesso abertamente que amo a todos eles e gosto muito quando passam tempo na nossa casa. Durante as férias escolares neste fim de ano, tivemos a alegria de receber todos os netos em casa; alguns ficaram vários dias.

Para evitar acidentes sérios, mantemos certas regras para a segurança das crianças. Eles gostam de andar de bicicleta, então exigimos que utilizem capacetes e tênis. Sabendo que eles gostam de fazer caminhadas, pedimos para os menores sempre andarem acompanhados por alguém responsável. E assim, as regras são feitas e comunicadas.

Mas, da perspectiva de uma criança, tais regras podem ser chatas e parecer desnecessárias. Durante sua visita recente, um neto de sete anos de idade mostrou seu desprezo por algumas regras e decidiu agir de acordo com sua própria vontade.

O primeiro caso envolveu sua bicicleta. Em alguns momentos, relembramos o menino sobre a regra de colocar tênis, mas ele ainda conseguiu montar a bicicleta descalço. Depois de pouco tempo, chegou chorando, apavorado com o sangue que estava pingando do dedo do pé. Havia ralado no chão e estava sentindo a consequência de desrespeitar a regra. Nada grave dessa vez, mas talvez tenha aprendido uma lição.

O segundo caso envolveu uma faca de cozinha. Demos alguns presentes para os netos e o mesmo menino ficou ansioso para tirar da embalagem seu brinquedo. Enquanto nós olhávamos para os outros, ele foi à cozinha e pegou uma faca para cortar o plástico que impedia sua diversão. De repente, gritou com dor e mostrou o sangue pingando do dedo que ele cortou. De novo, nada grave, mas será que ele aprendeu alguma coisa?

Algumas crianças demonstram uma teimosia que se torna prejudicial. Os pais (e avós) ficam frustrados ao ver a criança se machucar desnecessariamente. Se tivesse respeitado a regra...!

E como é que Deus olha para nós? Nem sempre gostamos das suas “regras”. Podemos achar as restrições reveladas nas Escrituras chatas ou desnecessárias. Como meu neto andou de bicicleta, descalço, várias vezes, nós também praticamos alguns pecados sem perceber nenhuma consequência. Podemos começar a pensar que as “regras” de Deus são ultrapassadas e inúteis.

E quando desrespeitamos as orientações divinas, Deus deve se sentir bastante frustrado. Ele sabe o motivo de cada palavra revelada. Ele é amor (1 João 4:8). Ele demonstra seu amor, até na disciplina que administra para o bem dos seus filhos (Hebreus 12:4-13). E nós, teimosos e rebeldes, continuamos insistindo em deixar o capacete de lado, tirar os tênis, pegar a faca e brincar com o pecado. Ralamos o pé e cortamos o dedo, mas ainda não achamos necessário desistir do pecado que oferece um certo prazer. E Deus, apesar da sua frustração, continua nos dando tempo para aprender com os erros e corrigir o nosso comportamento.

Mas a misericórdia do Senhor tem limites. O tempo para aprender as lições da vida, e principalmente as lições reveladas nas Escrituras, vai acabar.

Salomão escreveu sobre o perigo de desprezar as instruções dadas por Deus: “Porquanto aborreceram o conhecimento e não preferiram o temor do SENHOR; não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão. Portanto, comerão do fruto do seu procedimento e dos seus próprios conselhos se fartarão. Os néscios são mortos por seu desvio, e aos loucos a sua impressão de bem-estar os leva à perdição” (Provérbios 1:29-32).

Eu espero ver mudanças no comportamento do meu neto, benefícios das lições aprendidas por meio de pequenos acidentes. E, para todos nós, ainda resta a esperança de aprender as lições, mudar o procedimento e evitar as consequências dos nossos erros. Salomão continua: “Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal” (Provérbios 1:33). Moisés ensinou a mesma lição aos israelitas: “O SENHOR nos ordenou cumpríssemos todos estes estatutos e temêssemos o SENHOR, nosso Deus, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como tem feito até hoje” (Deuteronômio 6:24).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA