Share Button

Usando Nossos Talentos

Uma amiga me deu um presente que mostrou seu considerável talento como artista. No mesmo dia, estudamos juntos sobre o louvor que é devido ao Senhor e observamos algumas coisas sobre o desenvolvimento e o uso das nossas habilidades no serviço a Deus. Um trecho do Antigo Testamento chamou nossa atenção. Quando Davi organizou o culto nacional de Israel, “Quenanias, chefe dos levitas músicos, tinha o encargo de dirigir o canto, porque era perito nisso” (1 Crônicas 15:22). Quatrocentos anos antes de Davi, Deus chamou Bezalel para fazer os móveis sagrados do tabernáculo, dizendo que “... o enchi do Espírito de Deus, de habilidade, de inteligência e de conhecimento, em todo artifício, para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata, em bronze...” (Êxodo 31:3-4). No Novo Testamento, Paulo ensinou que os diversos membros do corpo de Cristo têm funções diferentes conforme os dons recebidos: alguns exortam, outros contribuem, outros ensinam etc. (Romanos 12:4-8).

A própria palavra “talento”, que usamos hoje para descrever habilidades especiais, vem da Bíblia. Quando Jesus falou sua famosa parábola dos talentos (Mateus 25:14-30), ele usou uma palavra que identificava um valor em dinheiro, uma moeda de grande valor. Com o tempo, e pela interpretação correta da parábola, a palavra passou a ser usada para identificar as capacidades das pessoas. Assim, falamos de uma pessoa talentosa porque ela demonstra habilidades em arte, música ou outras esferas de desempenho humano.

Quando desenvolvemos e aplicamos nossos talentos no serviço de Deus, glorificamos o nome do nosso Criador. Se você tem uma voz para cantar, deve agradecer a Deus e utilizar seu talento para honrá-lo. Se você tem a capacidade de mostrar compaixão, utilize seu dom para servir aos outros em o nome do Senhor.

Há várias possíveis aplicações das nossas capacidades. Devemos pensar bem em como empregar as habilidades que Deus nos deu. Consideremos alguns usos dos nossos talentos:

(1) Enterrar os talentos. O servo condenado na parábola dos talentos foi aquele que enterrou o dinheiro colocado sob seus cuidados (Mateus 25:18,24-30).

(2) Empregar os talentos para o mal. Muitas habilidades podem ser usadas para o bem ou para o mal. Apolo empregou sua eloquência na pregação da palavra do Senhor (Atos 18:24-25). Outras pessoas, porém, usam palavras suaves e lisonjas para enganar os outros (Romanos 16:18). Não é ruim poder falar bem, mas o abuso dessa habilidade pode causar graves danos.

(3) Usar os talentos para honrar o Senhor. As Escrituras trazem muitos exemplos e instruções sobre o uso dos nossos dons para servir ao Senhor. Bezalel e Quenanias, citados acima, são bons exemplos. No serviço a Deus no Antigo Testamento, o Senhor instruiu seus servos a fazerem um tabernáculo e móveis especiais e chamou Bezalel e outros para aplicar suas habilidades a esse trabalho. O louvor dos israelitas em Jerusalém exigia a dedicação dos cantores e músicos mais habilidosos da nação, levando Davi a indicar Quenanias e outros. No Novo Testamento, Jesus dedicou uma boa parte do seu ministério ao preparo de homens que levariam sua mensagem ao mundo.

Não temos controle total sobre nossas habilidades. Algumas pessoas nascem com vantagens naturais em uma área ou outra. Nem temos controle total das oportunidades para empregar os nossos talentos. Algumas circunstâncias apresentam mais ocasiões para usar certas habilidades. O que cabe a nós é o investimento. Não devemos enterrar ou esconder nossas habilidades, nem devemos usá-las para nossa própria honra. Devemos mostrar dedicação em desenvolver a nossa capacidade de servir ao Senhor para que ele, o Criador que nos deu esses dons, seja glorificado. Assim, os que servem ao Senhor vão cantar louvores ao seu nome, divulgar sua mensagem salvadora aos outros e procurar oportunidades para servir e ajudar outras pessoas.

Empregue bem os seus talentos para que Deus seja honrado por sua vida!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA