Share Button

Se o Senhor Permitir

Ouvimos diariamente a frase, muitas vezes falada sem reflexão, “Se Deus quiser”. Essa expressão e outras parecidas devem fazer parte das nossas conversas cotidianas, mas precisam ser pronunciadas com entendimento e sentido. Quando Paulo escreveu aos coríntios sobre seus planos para viagens, ele incluiu as palavras “se o Senhor o permitir” (1 Coríntios 16:7). Suas palavras refletem exatamente a atitude ensinada nas Escrituras como o modo que todos nós devemos pensar, planejar e agir.

Quando o homem entende e aceita sua posição de subordinação a Deus, ele aprende que tudo que acontece na sua vida é sujeito à vontade do seu Criador. Podemos sonhar e fazer projetos, mas o futuro e o sucesso dos nossos planos não estão sob nosso controle.

O homem que faz seus planos sem pensar na sua submissão ao Senhor age com arrogância. “Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo. Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. Toda jactância semelhante a essa é maligna” (Tiago 4:13-16).

Não é errado fazer planos. É errado esquecer do domínio de Deus quando traçamos nossos projetos.

Mesmo quando os planos são bons e com motivos espirituais, precisamos admitir as nossas limitações. O autor do livro de Hebreus tinha planos para seu ensinamento e o desejo de conduzir seus leitores ao aperfeiçoamento espiritual, mas ele entendeu que não dependia somente da sua boa vontade. Ele escreveu: “Isso faremos, se Deus permitir” (Hebreus 6:3).

Não há maior exemplo desse princípio aplicado na prática do que o de Jesus Cristo. Mesmo sendo Deus, ele se subordinou ao Pai e entendeu a necessidade da submissão à vontade do Pai. Antes de ser crucificado, Jesus orou: “Pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua” (Lucas 22:42). Nem o próprio Jesus tomaria um passo sem reconhecer que a vontade do Pai dominava sobre a sua própria.

Enquanto devemos reconhecer que Deus não tem obrigação de concordar com os nossos planos, precisamos entender a nossa obrigação de concordar com os planos dele. Há áreas da vida nas quais não temos motivo de falar “Se Deus quiser”, pois ele já revelou que quer! Considere alguns exemplos:

Deus quer a nossa santificação: “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição” (1 Tessalonicenses 4:3). Quando alguém diz: “Se Deus quiser, eu vou me arrepender e parar de praticar tal pecado”, está apenas oferecendo uma desculpa inválida para fugir da responsabilidade de mudar seu comportamento. Se Deus quiser? Deus quer!

Deus quer que oremos: “Orai sem cessar. Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1 Tessalonicenses 5:17-18).

Deus quer que pratiquemos o bem, em submissão à autoridade governamental: “Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos, como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus” (1 Pedro 2:15-16).

Vamos viver a nossa vida e buscar objetivos bons, sempre lembrando que Deus está no comando. E nos casos onde ele já revelou sua vontade para nós, vamos ser atentos e dedicados em nossa obediência.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA