Share Button

A Pergunta de uma Criança

Recentemente escrevi uma série de artigos sobre a responsabilidade dos pais na educação dos seus filhos. Os pais sabem, porém, que as crianças ensinam muito aos adultos ao seu redor. Admiramos a inocência, a pureza e a bondade incorrupta de crianças pequenas. Jesus, para responder às atitudes ambiciosas dos adultos, recebeu uma criança e disse: “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18:3).

Escrevo esse artigo algumas horas depois de conhecer meu neto mais novo, que chegou com os pais para conhecer os avós. Como praticamente todos os avós entendem, é um prazer especial segurar um neto, especialmente quando são pequenos e indefesos.

Mas a lição frisada hoje veio da boca do irmão desse netinho recém-nascido. O irmão mais velho já tem a idade avançada de cinco anos. Ele se mostra preocupado com o bem-estar do bebê e demonstra carinho com frequência. O que mais chamou a minha atenção, porém, foi na hora que a minha filha preparou a água para dar banho no bebê. O filho mais velho viu e perguntou: “Posso te ajudar com meu irmão?”

Com certeza, nas primeiras semanas da vida do seu irmãozinho, esse menino já aprendeu dos pais a importância de cuidado e carinho na vida do bebê. Não agiu por obrigação, mas por livre e espontânea vontade de ajudar, imitando o bom exemplos dos pais.

O que nós, adultos, fazemos? Do nosso Pai celeste aprendemos a importância de cuidado e carinho na vida dos outros. Observamos seu exemplo perfeito. Imitamos o que ele faz? Oferecemos nossa ajuda? Procuramos ajudar ao Senhor em seus cuidados com os outros?

É evidente nas Escrituras a importância do amor ao próximo. Quando Jesus resumiu a lei de Deus, ele citou dois mandamentos: amar a Deus e amar o próximo (Mateus 22:36-40). A Bíblia está repleta de orientações sobre o amor fraternal e a busca incansável do bem dos outros.

Um dos princípios fundamentais nas Escrituras é de tentar nos colocar na posição do outro para determinar a melhor maneira de agir: “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas” (Mateus 7:12). Que ordem difícil! Nossas atitudes egoístas nos levam a pensar em nosso próprio bem, até mesmo retrucando quando alguém nos maltrata. Jesus, porém, nos ensina a pensarmos sobre o tratamento que gostaríamos de receber. Um exemplo disso vem da mesma mensagem, o famoso sermão do monte. Jesus ensinou que devemos perdoar os outros como Deus nos perdoa (Mateus 6:12-15). Com certeza, qualquer pessoa ciente da gravidade dos seus pecados contra Deus deseja perdão. Como tratamos os outros quando nos ofendem? Oferecemos perdão e esquecemos do erro, ou comunicamos nossa raiva e guardamos rancor? Tratamos os outros como gostaríamos de ser tratados?

Da ótica cristã, o maior bem que podemos buscar na vida dos outros é espiritual. Nada é mais importante na vida do meu próximo do que sua relação com o próprio Deus. Buscamos o benefício da salvação para os outros, sabendo que Deus deseja salvar todos (1 Timóteo 2:4). Ajudamos outros a crescerem espiritualmente: “Portanto, cada um de nós agrade ao próximo no que é bom para edificação” (Romanos 15:2). Observamos que o versículo seguinte cita o sacrifício de Jesus, negando a si mesmo para servir aos outros. O amor fraternal nos motiva a apoiar os espiritualmente fracos e aleijados (Hebreus 12:12-13; Romanos 14:1), e a corrigir com mansidão os que tropeçam na sua caminhada espiritual (Gálatas 6:1-2).

O exemplo do amor de uma criança para com seu irmão é poderoso, mas o exemplo ainda maior vem de Jesus Cristo. Ele disse: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 15:12). O mesmo autor que registrou esse mandamento comentou em uma das suas epístolas: “Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão” (1 João 4:21).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA