Share Button

O Significado do Natal (1)

No mês de dezembro, é praticamente impossível ligar a televisão ou sair de casa sem ver decorações e propagandas relacionadas ao feriado mais lucrativo do ano. Dia 25 de dezembro é uma data que fascina crianças, pais e avós e anima comerciantes procurando se recuperar de meses difíceis anteriores. Emissoras de televisão passam filmes com temas religiosos e caixinhas decoradas aparecem nas lojas para incentivar doações especiais para os funcionários. Árvores decoradas e homens barbudos e simpáticos aparecem em lojas, escolas e casas. Ninguém escapa a febre natalina.

O significado do Natal varia muito de uma pessoa para outra.

Para muitos, é um dia especial para a família se reunir, comer, se divertir e trocar presentes. Desta maneira, o dia é comemorado por pessoas que não atribuem ao feriado nenhum significado religioso, até por alguns ateus e seguidores de religiões não cristãs. Da mesma maneira que muitos corredores participam da famosa São Silvestre sem sequer pensar em honrar um santo desconhecido pela maioria, muitos comemoram o Natal sem nenhum pensamento sobre suas raízes. Para estas pessoas, o feriado, divorciado da sua história, se tornou um dia de comemoração familiar.

Outros comemoram o dia 25 de dezembro com muita reverência, uma ocasião solene para refletir sobre a vinda de Jesus ao mundo. Conforme entendem as suas tradições religiosas, essas pessoas creem que as comemorações familiares e festivas devem ser subordinadas ao propósito espiritual do dia. Para estes, é um dia de adoração ao Senhor.

Ainda outros, igualmente sinceros no seu desejo de honrar a Jesus, fogem de qualquer comemoração do dia. Para essas pessoas, não é questão de negar a importância da encarnação do Salvador, mas a dificuldade que vem quando procuram separar os fatos apresentados nas Escrituras das tradições religiosas e suas raízes.

Não é meu propósito ditar como pessoas sinceras devem enxergar o feriado do dia 25 de dezembro, nem de julgar as pessoas que optarem por uma abordagem diferente da minha. De fato, a minha própria perspectiva é de pouca importância. Como o propósito deste site é a apresentação de uma ótica bíblica, quero apenas ajudar a esclarecer alguns fatos bíblicos que merecem nossa reflexão.

A vinda de Jesus ao mundo ocupa um lugar importantíssimo na história bíblica. Dois dos quatro relatos do evangelho dedicam seus primeiros capítulos à apresentação dessa história. Encontrará todos os detalhes citados aqui nos livros de Mateus e Lucas:

O anjo Gabriel falou com uma virgem chamada Maria e disse que ela foi escolhida para ser a mãe de Jesus, também conhecido como o Filho do Altíssimo ou Filho de Deus. José, o noivo de Maria, achou que ela havia o traído, mas um anjo do Senhor apareceu e disse que a criança foi gerada pelo Espírito Santo. José obedeceu às instruções do Senhor e cuidou de Maria, mas não teve relações íntimas com ela antes do nascimento de Jesus. Assim, Jesus nasceu de uma virgem, um milagre inédito.

Durante a gravidez, Maria visitou sua parenta Isabel, escolhida para ser a mãe de João Batista. As duas honraram ao Senhor por sua bondade no cumprimento do seu plano de enviar o Salvador.

Chegando ao final da sua gravidez, Maria acompanhou José em uma viagem para Belém de Judá. Não acharam lugar para se hospedarem. Quando o bebê nasceu, Maria o enfaixou e o deitou numa manjedoura. Anjos anunciaram o nascimento de Jesus a alguns pastores na região, e estes foram a Belém para ver o bebê. Divulgaram a notícia e adoraram a Deus. Quando o bebê foi circuncidado no oitavo dia, recebeu o nome de Jesus, pois os pais foram obedientes à ordem dada pelo anjo alguns meses antes.

Na semana que vem, se Deus permitir, continuaremos com mais detalhes dessa história importante, procurando distinguir entre os fatos bíblicos e as tradições humanas.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA