Share Button

Aproveitando a Crise Econômica

As notícias diárias falam da crise econômica: a desvalorização da moeda nacional, a inadimplência crescente, a queda dos valores de ações, o aumento de desemprego, a volta da inflação desenfreada, a falta de novos investimentos e o desespero do governo diante da situação assombradora. Muitos lamentam e tremem por causa da probabilidade de perder renda e enfrentar a necessidade de apertos no seu orçamento familiar.

Que tal uma outra abordagem, uma perspectiva otimista que percebe oportunidades e aproveita a crise?

Não falo de especulação nos mercados, nem de exploração de pessoas em situações ainda piores (uma prática condenada em Provérbios 22:16). Falo de aproveitar o momento difícil para corrigir falhas em nossas vidas e priorizar as coisas que são realmente importantes.

Está na hora de avaliar nossa própria integridade. É muito fácil apontar um dedo acusador e criticar políticos corruptos e empresários sem escrúpulos. E nós? Pagamos as nossas dívidas em dia? Honramos os nossos compromissos? Falamos a verdade, mesmo quando perdemos dinheiro em consequência da honestidade? O apóstolo Paulo falou da administração financeira quando escreveu:“...por que o que nos preocupa é procedermos honestamente, não só perante o Senhor, como também diante dos homens” (2 Coríntios 8:21).

A crise oferece uma oportunidade para moldar caráter. Um jovem que quer fortalecer seu corpo faz musculação, aumentando cada vez os pesos para criar resistência maior. Os momentos difíceis na vida contribuem muito mais ao desenvolvimento de caráter do que os dias fáceis. Aprendemos o valor do trabalho, de cuidar do que temos, e de priorizar o que realmente vale. “Em todo trabalho há proveito; meras palavras, porém, levam à penúria” (Provérbios 14:23). Não esqueçamos de trabalhar para o que tem valor eterno (João 6:27).

O inimigo não é a pobreza, e sim a avareza. Jesus jamais foi vencido. Ele superou tentações e derrotou o Inimigo e suas artimanhas. Mas Jesus foi pobre. Quando veio ao mundo em carne, se sujeitou às condições simples de uma vida de pobre. A pobreza não derruba ninguém, mas a cobiça já levou muitos – tanto ricos como pobres – à condenação. A avareza é uma forma da idolatria, condenada por Deus, que devemos matar e eliminar das nossas vidas (Colossenses 3:5-6).

Temos uma excelente oportunidade para aprender o contentamento. Muitos reclamam e choram por não poder adquirir alguns itens de luxo que eram mais acessíveis em tempos de maior prosperidade. O apóstolo Paulo ensinou outra atitude: “Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes” (1 Timóteo 6:8).

É um bom momento para lembrar da nossa dependência em Deus. Na época de Jesus, os pobres davam mais atenção à mensagem do evangelho do que os ricos. Paulo não condenou a riqueza por si, mas avisou dos perigos que ela traz. Os que desejam se tornar ricos caem facilmente em ciladas de pecado (1 Timóteo 6:9-10). Um dos maiores desafios para os ricos é depositar sua confiança em Deus, e não “na instabilidade da riqueza” (1 Timóteo 6:17).

A crise oferece oportunidades para praticar boas obras e demonstrar a bondade. “O que dá ao pobre não terá falta, mas o que dele esconde os olhos será cumulado de maldições” /b>(Provérbios 28:27). Mais ainda, a realidade do sofrimento nesta vida leva algumas pessoas a pensar mais nas coisas espirituais e eternas. O evangelho de Jesus é o maior presente que podemos oferecer às pessoas ao nosso redor.

O dinheiro não traz a alegria, e muito menos a salvação “Pois pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus” (Efésios 2:8).

Aproveitemos a crise econômica para nos aproximar de Deus!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA