Share Button

Elias Foi para Horebe: Uma Jornada de Quarenta Dias

Elias foi um dos grandes profetas de Israel. Não temos nenhum livro dele preservado, mas o trabalho desse fiel pregador da palavra de Deus é registrado nos livros de 1 e 2 Reis. Ele defendeu a pura doutrina do Senhor em uma das piores épocas da história de Israel. Acabe, um rei rebelde influenciado por sua mulher estrangeira, idólatra e cruel, Jezabel, conduzia o povo para cada vez mais longe do Senhor: “Como se fora coisa de somenos andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, e serviu a Baal, e o adorou. Levantou um altar a Baal, na casa de Baal que edificara em Samaria. Também Acabe fez um poste-ídolo, de maneira que cometeu mais abominações para irritar ao SENHOR, Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que foram antes dele” (1 Reis 16:31-33). A maioria das pessoas de Israel seguiu esse casal e apoiou suas falsas religiões.

Elias foi o instrumento usado por Deus para tentar chamar Israel ao arrependimento. Por meio desse profeta, Deus anunciou um período de seca, com intenção de trazer o povo de volta. Ele protegeu Elias e alguns outros fiéis durante esse tempo de sofrimento e angústia. Depois de três anos de seca, Acabe ficava cada vez mais desesperado, e aceitou o pedido de Elias para um encontro. Mesmo assim, o rei malvado não admitiu sua culpa na situação precária da nação, tentando atribuir o sofrimento ao próprio Elias. Quando o rei viu o profeta, Acabe perguntou: “És tu, ó perturbador de Israel?” (1 Reis 18:17). Elias respondeu bem: “Eu não tenho perturbado a Israel, mas tu e a casa de teu pai, porque deixastes os mandamentos do SENHOR e seguistes os baalins” (1 Reis 18:18).

Elias desafiou Acabe a encontrá-lo no monte Carmelo, trazendo 850 profetas das falsas religiões do rei. Elias propôs uma demonstração de poder para convencer o povo que os falsos deuses não existem, enquanto o Deus verdadeiro é o Todo-Poderoso. Foi um representante de Deus contra 850 profetas dos falsos deuses! 

Elias mostrou sua total confiança em Deus, e com razão. 850 profetas não conseguiram acordar seus deuses, porque estes nem existiam. Elias pediu uma vez e Deus respondeu com uma demonstração de poder ao enviar fogo do céu para consumir o sacrifício preparado. O relato fascinante desse acontecimento está registrado em 1 Reis 18.

Elias teve uma grande vitória, mas sentiu-se desanimado. Quando Jezabel ameaçou matá-lo, ele fugiu! O homem que enfrentou outros 850 com tanta confiança agora fugia da presença de uma mulher que não tinha nenhum apoio divino. Elias saiu de Israel, passou por Judá e foi ao deserto, onde pediu que o Senhor tomasse sua vida (1 Reis 19:1-5).

Deus respondeu à oração de Elias, mas não da maneira que este imaginava. Deus mandou um anjo para dar comida ao profeta, e essa comida lhe deu forças para uma caminhada de 40 dias até o monte Horebe (conhecido também como Sinai), o monte de Deus. A viagem normalmente não levaria 40 dias, mas Elias precisava de tempo para refletir e se preparar para seu encontro com Deus. Quando Elias chegou ao monte, ele lamentou sua situação difícil de ser o único defensor do Senhor em Israel.

Deus poderia ter demonstrado seu poder de várias formas. Mandou um forte vento, mas Deus não estava no vento. Causou um terremoto, mas Deus não estava no terremoto. Enviou fogo, mas Deus não estava no fogo. Se Elias esperava uma demonstração da presença e do poder vingador de Deus, foi desapontado. Deus chamou a atenção de Elias por meio de uma voz suave. Não foi uma amostra visível do poder divino que Elias precisava, e sim a palavra de Deus. O Senhor assegurou ao profeta que ele não estava só, e que a sua missão não havia sido cumprida. Elias voltou para Israel com vigor renovado e continuou seu trabalho com dedicação. Deus tomou a vida de Elias, mas não no sentido de dar-lhe a desejada morte. Ele tomou a vida quando exigiu que Elias confiasse e continuasse servindo ao Senhor. Leia o relato bíblico em 1 Reis 19

Deus não precisa agir da maneira que esperamos, nem na hora que desejamos. Ele pode nos deixar caminhar por 40 dias ou 40 anos procurando respostas para os desafios que enfrentamos. E quando achamos as respostas, podem ser bem diferentes do que esperamos. Mas independente de como e quando Deus age, o servo fiel aprende a confiar nele e continuar servindo com fé.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA