Share Button

Eu Não Sei, mas Entendo

O professor da aula bíblica, um senhor de mais de 80 anos que tem estudado a Bíblia diariamente durante quase a vida toda, tratou de um dos capítulos mais difíceis nas Escrituras. Explicou o significado dos símbolos e números citados no contexto da profecia de Daniel. Mostrou seu conhecimento da história dos impérios citados no livro e dos conflitos principais que afetaram os judeus durante um período de mais de 600 anos. Quando esse professor chegou ao penúltimo versículo do livro e leu o número 1.335, ele admitiu abertamente: “Não sei o que significa esse número”. Na sua explicação, portanto, acrescentou: “Mas entendo o significado do versículo”.

Sua afirmação não foi uma contradição, mas uma declaração de humildade e confiança que deve caracterizar todas as pessoas que estudam a Bíblia.

Ele foi humilde em admitir que, mesmo depois de dedicar anos ao estudo das Escrituras, ainda enfrenta dificuldade com algumas coisas. Qualquer pessoa honesta reconhece a dificuldade de entender algumas coisas em um livro escrito há milhares de anos em outros idiomas e nos ambientes de outras culturas.

E se isso não fosse o bastante, Jesus e outros usaram, de propósito, linguagem que exige reflexão e um coração disposto para compreender. Quando os discípulos perguntaram sobre o motivo de Jesus empregar tantas parábolas no seu ensinamento, ele disse: “Por isso, lhes falo por parábolas; porque, vendo, não veem; e, ouvindo, não ouvem, nem entendem” (Mateus 13:13). Nos versículos seguintes, ele explicou que o problema real não estava nas palavras faladas e sim, nas atitudes dos ouvintes. A mensagem de Jesus não foi superficial e de óbvio entendimento. Trinta anos depois, o apóstolo Paulo deu exatamente a mesma explicação quando alguns rejeitaram as evidências que ele apresentou sobre Jesus (Atos 28:25-29). Pedro, um outro apóstolo, admitiu que Paulo escreveu algumas coisas difíceis (2 Pedro 3:16). Devemos ter humildade para reconhecer as nossas dificuldades e buscar cada vez mais entendimento da mensagem das Escrituras.

A humildade daquele professor, porém, andou de mãos dadas com sua confiança. Ele explicou, corretamente, a mensagem principal daqueles versículos difíceis de Daniel 12. A profecia falou de um período de sofrimento para o povo de Deus que duraria 1.290 dias. Mesmo se não entendesse nada do cumprimento da profecia ou da história dos conflitos nos períodos helenista e romano, ainda dá para compreender a mensagem básica do texto. Quem perseverar, sem abandonar a sua fé, seria abençoado: “Bem-aventurado o que espera e chega até mil trezentos e trinta e cinco dias”(Daniel 12:12). O ponto que o professor entendeu foi importante: Segurem firmes! Não desistam, mesmo diante de perseguições, e receberão a recompensa preparada por Deus. Se 1.290 dias representam a angústia das perseguições, 1.335 dias identificam o alívio dos sobreviventes, dos vencedores que não perderam sua confiança no Senhor.

Sem dúvida, existem trechos difíceis na Bíblia. Pedro avisou sobre o perigo de distorcer esses trechos para o nosso próprio dano espiritual (2 Pedro 3:16-17). Não há vergonha na admissão honesta de um estudante honesto que reconhece seu entendimento limitado. Mas a nossa falta de compreensão de algum versículo ou figura bíblica não deve ser motivo de desespero, desistência ou dúvida. Podemos não compreender tudo que o infinito Deus falou, mas podemos confiar em Deus porque ele é infinito.

Paulo não ousou alegar compreensão completa de todos os mistérios de Deus, mas ele demonstrou sua confiança total no Senhor. Quando encarou sua própria morte, ele disse: “e, por isso, estou sofrendo estas coisas; todavia, não me envergonho, porque sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele Dia” (2 Timóteo 1:12).

Não sei como Deus faz suas grandes obras, nem o sentido de tudo que ele revelou para nós, mas isso não impede que eu tenha fé naquele que tem poder para me proteger e para cumprir todas as suas promessas. Não sei, mas entendo!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA