Share Button

A Fé de José

José conseguiu em 17 anos o que o pai dele fez em 90! A conversão de Jacó foi resultado de um processo demorado no qual ele lutou com Deus. Mas José, o penúltimo dos seus 12 filhos, demonstrou sua confiança em Deus durante a sua juventude. Apesar de circunstâncias difíceis na sua vida, José continuou firme na sua convicção.

José foi criado como filho predileto do seu pai, em parte por causa dos sentimentos deste para com Raquel, a mãe de José. Jacó sempre gostava muito de Raquel, e sofreu imensamente quando ela morreu durante o parto quando nasceu o caçula da família, Benjamim (Gênesis 35:16-18). Em um sonho, Deus mostrou para José seus planos especiais, dando-lhe motivos de confiar no Senhor, mesmo diante de grandes desafios.

O tratamento diferenciado que Jacó deu para José provocou ciúmes nos seus irmãos. Quando ele tinha 17 anos de idade, acharam ocasião para vendê-lo para ser escravo no Egito. Convenceram seu pai que José havia morrido, atacado por um animal selvagem, e o jovem passou mais de 20 anos longe da família. O pai achava que o filho estava morto, e o filho não tinha nenhuma notícia do pai.

Rejeitado pelos irmãos, José poderia ter sucumbido aos sentimentos de solidão. Seria fácil imaginar que o próprio Deus tivesse se esquecido dele. Se fosse agir como muitas pessoas, até como seu próprio pai em vários momentos, José teria procurado maneiras de se defender, de manipular as pessoas e conseguir os resultados desejados.

Mas José demonstrou a sua fé. Quando vendido para ser escravo, ele não relutou contra as injustiças da situação. Pelo contrário, ele demonstrou sua integridade cumprindo seus deveres. Com o tempo, foi promovido e passou a administrar todos os bens do seu senhor, Potifar, comandante da guarda real. Se José viu seu progresso como uma demonstração da misericórdia de Deus, ele deve ter sofrido para entender a viravolta que enfrentou logo em seguida.

A mulher de Potifar tentou seduzir o jovem, até arranjando oportunidade de estar sozinha com ele. José poderia ter visto uma oportunidade para ganhar alguma vantagem, ou até ocasião para satisfazer seus próprios desejos sexuais. Mas o que ele viu, de fato, foi seu dever de respeitar a vontade de Deus. Mesmo quando a mulher procurou oportunidade para ser infiel, José respeitou o casamento dela com Potifar. Rejeitou os avanços imorais da mulher com estas palavras: “Tem-me por mordomo o meu senhor e não sabe do que há em casa, pois tudo o que tem me passou ele às minhas mãos. Ele não é maior do que eu nesta casa e nenhuma coisa me vedou, senão a ti, porque és sua mulher; como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus?” (Gênesis 39:8-9).

A mulher não aceitou bem essa rejeição e levantou acusação falsa contra José, que foi preso pelo crime de estupro! Esse homem inocente passou anos na cadeia, onde continuou mostrando sua integridade. Dessa maneira, ganhou a confiança dos guardas dentro da prisão, mas continuou preso por alguns anos. Aproximadamente 20% do livro de Gênesis é dedicado à história de José, e esses capítulos não incluem nem uma sequer reclamação contra Deus da boca desse bisneto de Abraão.

Sua fé perseverante foi recompensada. Deus deixou José esperar um bom tempo, mas ele saiu da cadeia e foi direto para um cargo no gabinete do rei! José se tornou administrador do Egito, uma posição de grande influência no governo do país. Esperou mais alguns anos para ver o cumprimento do plano de Deus na sua vida. Foi exaltado sobre seus irmãos, mas não para dominá-los ou para algum benefício próprio. Deus honrou esse homem para o colocar em uma posição de ajudar seus próprios irmãos e pai. Ele se tornou o instrumento de Deus para preservar a família para cumprir seu papel no plano de Deus, oferecendo salvação ao mundo por meio do descendente de Abraão, Jesus Cristo.

A verdadeira fé confia e espera em Deus. José aprendeu isso bem cedo e nunca abandonou sua confiança no Senhor.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA