Share Button

Ateus, Agnósticos e Teístas Concordam!

Agnóstico e adversário da crença na Criação do mundo por um ser superior, Bill Nye gosta de impressionar as pessoas com a imensidade do Universo. Ele fala do tamanho e quantidade dos inúmeros corpos celestiais em contraste com a pequenez de um ser humano e afirma: “Eu sou apenas uma partícula em uma partícula no meio de mais partículas...”

Ateu Carl Sagan escreveu Pálido Ponto Azul em 1994, um livro cujo título foi baseado em fotos tiradas em 1990 pela sonda espacial Voyager I. As fotos mostraram o planeta Terra de uma distância de mais de 6 bilhões de quilômetros. Dessa perspectiva, no meio de bilhões de estrelas, o planeta parece ser apenas um pequeno ponto azul. No seu livro, Sagan comentou sobre a insignificância do Homem dessa perspectiva, explicitamente negando qualquer salvador de fora do nosso pequeno mundo. 

Teísta Davi de Belém olhou para as mesmas estrelas e atribuiu toda a obra do Universo ao poder criativo de Deus: “Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele te lembres? E o filho do homem, que o visites?” (Salmo 8:3-4). Um outro teísta, Isaías, filho de Amoz, fez uma comparação parecida: “Todas as nações são perante ele como coisa que não é nada; ele as considera menos do que nada, como um vácuo. Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis com ele?” (Isaías 40:17-18).

Esses homens viviam em épocas e continentes diferentes e interpretavam os fatos de maneiras muito diferentes, mas todos eles olhavam para as mesmas evidências e observavam os mesmos fatos básicos. De fato, somos extremamente pequenos em um Universo de tamanho imensurável. 

O que fazemos com esses fatos, ou como interpretamos as evidências, determina a direção da nossa vida. Um homem conclui que somos tão pequenos que ninguém poderia se preocupar conosco, e outro se admira com a grandeza de um Ser que teria poder para criar e cuidar de nós. Um acredita que toda a ordem, beleza e imensa complexidade do nosso mundo e do próprio homem é resultado de forças naturais não guiadas, e outro não consegue olhar para as mesmas evidências sem enxergar um Criador bondoso.

Diante desses conflitos entre ideologias diferentes, muitas pessoas decidem não pensar, não analisar, não tentar chegar a nenhuma conclusão. Consideram as questões difíceis demais e, frequentemente, acham algum conforto na discordância de pessoas inteligentes. Tratam a questão da existência de Deus como apenas um ponto para debates filosóficos de pouca importância.

Se, de fato, o Universo seja apenas o produto de processos aleatórios sem nenhuma inteligência para controlá-los, nenhum ato humano teria implicações que vão além dessa pequena partícula no meio da imensidade do espaço sideral. Seríamos apenas pontinhos que aconteceram por acaso, que existem sem propósito e que desaparecem sem importância.

Mas se, como os autores da Bíblia afirmam de capa a capa, Deus criou esse Universo e os seres que habitam o nosso planeta, as nossas decisões e atos teriam implicações que vão muito além da nossa vida aqui de algumas décadas.

Davi disse: “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam abominação; já não há quem faça o bem. Do céu olha o SENHOR para os filhos dos homens, para ver se há quem entenda, se há quem busque a Deus” (Salmo 14:1-2). 

As evidências são as mesmas. Olhamos para as mesmas estrelas, a mesma Lua, os mesmos mares, as mesmas montanhas, as mesmas árvores e as mesmas células humanas complexas e percebemos a nossa insignificância. Lutamos com as mesmas dúvidas: Quem somos? De onde viemos? Por que estamos aqui? O que nos espera no futuro? Mas as respostas são diferentes, e suas implicações no curto e longo prazo são muito diferentes. Se Deus não existe, os religiosos (eu me incluo nessa categoria) estão perdendo tempo investido na sua fé. Mas se ele existe, os que negam as implicações das evidências ficam sem desculpas diante do seu Criador e Juiz (Romanos 1:18-20). 

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA