Share Button

O Trabalho Apostólico

A palavra apóstolo foi transliterada do grego e significa mensageiro ou um enviado com uma missão, semelhante à ideia de embaixador. A palavra é usada 80 vezes no Novo Testamento. Em raras ocasiões, se refere a um mensageiro qualquer ou uma pessoa enviada por uma igreja (2 Coríntios 8:23; Filipenses 2:25). No sentido que Jesus foi enviado ao mundo pelo Pai (João 3:16), a palavra pode até identificar o próprio Senhor (Hebreus 3:1). 

Sem dúvida, o sentido mais comum dessa palavra no Novo Testamento é a identificação de um grupo especial de mensageiros escolhidos por Jesus para levar o evangelho ao mundo. São descritos como pessoas que Jesus escolheu (Atos 1:2) e chamou de apóstolos (Lucas 6:13). Eram contemporâneos e testemunhas oculares de Jesus ressuscitado (Atos 1:22; 1 Coríntios 15:7-8). Por isso, foram especialmente qualificados para confirmar a mensagem do evangelho anunciada por Jesus, um trabalho que realizaram com suas credenciais especiais (Hebreus 2:3-4; 2 Coríntios 12:12).

No sentido de mensageiros comuns ou de igrejas, seria possível empregar a palavra apóstolo ainda hoje, mas no sentido comum nas Escrituras, todos os apóstolos viveram e morreram no primeiro século. Quando falamos do seu importante papel e do trabalho que realizaram, tratamos da história da igreja primitiva. O livro bíblico que mais fala sobre essa história é chamado, apropriadamente, Os Atos dos Apóstolos. 

O conceito de mensageiros ou embaixadores descreve bem a obra dos apóstolos de Jesus. Receberam sua mensagem e missão do próprio Senhor, e se dedicaram ao trabalho de levar essa mensagem ao mundo. Seguiram as orientações dadas por Jesus em começar seu trabalho em Jerusalém e depois levar a mensagem às regiões da Judeia e Samaria e aos confins da terra (Atos 1:8).

Como embaixadores, os apóstolos ofereceram um tratado de paz entre o Senhor (o Rei dos reis) e as pessoas que se tornaram inimigos pelos seus pecados: “Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida” (Romanos 5:10). Essa mensagem da reconciliação é a essência do evangelho, e o trabalho apostólico foi descrito como “o ministério da reconciliação” (2 Coríntios 5:18). 

As pessoas reconciliadas com Cristo, salvas dos seus pecados, se tornaram cidadãos do reino dos céus (Filipenses 3:20). Deus ajuntava essas pessoas, formando a igreja de Cristo (Atos 2:47; Mateus 16:18). Inicialmente, conforme as instruções dadas por Jesus, esse trabalho foi realizado em Jerusalém. Os primeiros capítulos de Atos focalizam o trabalho dos apóstolos em ensinar os novos convertidos como viver e servir no contexto dessa comunidade cristã (Atos 2:42-47). Perseguições forçaram muitos cristãos a abandonar a cidade de Jerusalém, e outras igrejas locais surgiram em cidades mais distantes. 

Pedro, Paulo, João e outros apóstolos viajaram e se mudaram para levar a mensagem da reconciliação para outros países. Pessoas que aceitaram a mensagem foram convertidas, e novas congregações foram formadas. Uma boa parte do tempo dos apóstolos foi dedicado ao trabalho de organizar, fortalecer, orientar e corrigir essas novas igrejas. Por exemplo, Paulo e Barnabé fizeram uma viagem na qual iniciaram várias congregações, e depois voltaram para as mesmas cidades para ajudar no crescimento das mesmas (Atos 14:21-23; 15:26). A vida cristã de Paulo é registrada pelas viagens evangelísticas que ele fez em dois continentes.

Quando não estava presente, Paulo mandava outros irmãos para ajudar as igrejas e escrevia cartas, como também fizeram outros apóstolos, para orientar e corrigir. Ensinou sobre a importância da santidade, da unidade e do compromisso com Cristo. Falou da importância de lembrar da morte de Jesus na Ceia do Senhor, de orar e de cantar louvores ao Senhor. Diferentes dos falsos apóstolos dos dias de hoje, os apóstolos de Jesus eram humildes servos que reconheciam a autoridade absoluta de Jesus, “o cabeça sobre todas as coisas” (Efésios 1:22). Seus embaixadores avançaram a causa do seu Rei. 

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA