Share Button

A Verdade Presente

No final da sua vida, depois de décadas de trabalho dedicado à divulgação do evangelho, o apóstolo Pedro escreveu uma carta para estimular seus irmãos em Cristo a perseverarem na fé. Nessa carta, ele escreveu: “Por esta razão, sempre estarei pronto para trazer-vos lembrados acerca destas coisas, embora estejais certos da verdade já presente convosco e nela confirmados” (2 Pedro 1:12).

A verdade já presente. Pedro provavelmente escreveu essa epístola uns 35 anos depois da morte e ressurreição de Jesus. Os comentários feitos por ele e outros autores do Novo Testamento, todos contemporâneos e a maioria pessoas que conheciam Jesus pessoalmente, claramente mostram sua confiança no caráter da revelação que lhes foi dada.

A fé entregue uma vez por todas. Judas descreveu essa revelação como “a fé”, por ser a mensagem que revela Jesus e oferece a salvação nele. Na sua pequena epístola, ele disse: “Amados, quando empregava toda a diligência em escrever-vos acerca da nossa comum salvação, foi que me senti obrigado a corresponder-me convosco, exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Judas 3). A mensagem foi revelada aos santos “uma vez por todas”.

Deus nos falou pelo Filho. O autor da epístola de Hebreus falou sobre a mensagem já revelada e confirmada. Ele falou do processo de revelação no Antigo Testamento, quando Deus comunicou pelos pais e profetas, para frisar a autoridade da Nova Aliança: “nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo” (Hebreus 1:2). Ele falou sobre a grandeza de Jesus para dar ênfase ao valor da sua mensagem salvadora: “Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram” (Hebreus 2:2-3). Jesus falou a mensagem que foi depois confirmada pelos apóstolos. O uso do pretérito perfeito aqui bem traduz o tempo verbal grego e mostra que esse trabalho de revelar e confirmar já foi realizado. A revelação completa de Jesus já foi dada.

O Espírito ensinaria todas as coisas aos apóstolos. Essas explicações confirmam a promessa feita por Jesus. Antes da sua morte, ele prometeu enviar uma outra pessoa para ajudar os apóstolos: “mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito” (João 14:26). Percebemos a finalidade das palavras de Jesus quando ele disse aos apóstolos que o Espírito Santo lhes ensinaria todas as coisas.

O Senhor deu todas as coisas. Tudo que Deus queria falar para os homens foi revelado no primeiro século. Jesus prometeu aos apóstolos e eles afirmaram que foi exatamente isso que o Senhor fez. Voltando para a segunda epístola de Pedro, esse apóstolo disse que pelo poder do Senhor, “...nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude” (2 Pedro 1:3). Pedro não instruiu os cristãos a procurar ou esperar outras revelações, porque já receberam a revelação completa e final. Precisavam lembrar dessa mensagem, não procurar outra.

Esses homens acreditaram, já na primeira geração da igreja primitiva, que Deus havia dado para eles a revelação completa da sua vontade para com os homens. Transmitiram esse ensinamento para guiar os servos de Cristo durante todo o resto da História. Sabendo que Jesus disse que suas palavras seriam a base do julgamento final (João 12:48), entenderam a sua responsabilidade de conservar, confirmar e comunicar suas palavras. Ir além dessa doutrina seria uma ofensa gravíssima (Gálatas 1:8-9) que romperia a comunhão com Deus (2 João 9).

As pessoas que amam e respeitam o Senhor nos dias de hoje não procuram novas revelações e não são enganadas por novas doutrinas introduzidas por homens enganadores. Quem reverencia a Jesus Cristo segue a verdade em amor e cresce junto com outras pessoas que respeitam a mesma palavra revelada e confirmada há mais de 1.900 anos (Efésios 4:14-16). Não precisamos de novas doutrinas quando já recebemos a mensagem que leva à vida eterna (2 Pedro 1:3).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA