Share Button

O Guarda Alerta a Cidade

No auge da Guerra Fria entre os Estados Unidos e a União Soviética, usando a melhor tecnologia da época, os norte-americanos criaram um sistema conhecido pela sigla DEW Line, ou pelo nome extenso de Distant Early Warning Line (Linha Distante de Alerta Precoce). Durante a segunda metade do século 20, esse sistema, baseado em radares instalados no Canadá, Alasca e Groenlândia, existia para alertar de antemão sobre a chegada de aviões que poderiam lançar mísseis contra alvos norte-americanos.

Antigamente, aviões e mísseis lançados de outros continentes não faziam parte do cenário de guerras, mas a ideia de se defender com alertas precoces de ataque sempre foi fundamental à defesa. Cidades fortificadas tipicamente tinham suas torres de vigia, onde foram postas sentinelas para avisar da chegada de inimigos.

A conhecida imagem do vigia foi usada várias vezes nas Escrituras para representar os servos que comunicavam a palavra do Senhor aos outros. Esse uso da figura aparece a partir do oitavo século a.C. em textos escritos pelos profetas Isaías (21:8) e Oseias (9:8). A ideia foi empregada em um sentido mais detalhado pelo profeta Ezequiel, no início do sexto século a.C. Deus disse: “Filho do homem, eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; da minha boca ouvirás a palavra e os avisarás da minha parte” (Ezequiel 3:17).

No resto do capítulo, Deus apresenta para Ezequiel quatro possíveis cenários que ilustram bem a responsabilidade do vigia ou atalaia e que nos ensinam sobre o dever de cada pessoa que tem conhecimento da palavra do Senhor.

1) O vigia não avisa o pecador (Ezequiel 3:18). Todos que persistem na prática do pecado caminham para a perdição (Mateus 7:13-14). Qualquer um que transmite a mensagem das Escrituras deve ser fiel na sua tarefa de avisar sobre as consequências do pecado. No primeiro caso apresentado aqui, Deus fala da consequência se o vigia não cumprir sua obrigação. O pecador seria morto por causa da sua rebeldia, mas o sangue dele seria requerido da mão do vigia negligente.

2) O vigia avisa o pecador (Ezequiel 3:19). No segundo caso, o servo se mostra fiel e alerta o perverso sobre a consequência da sua desobediência. O pecador não se arrepende e continua caminhando para a morte, mas a sentinela não tem manchas de sangue nas suas mãos por ter cumprido seu dever.

3) O vigia não avisa o justo desviado (Ezequiel 3:20). Neste caso, um homem justo que servira a Deus durante toda a sua vida se desvia do caminho, e o atalaia não procura corrigi-lo. Sem o arrependimento, o homem que abandonou o caminho de Deus morre pelos seus pecados, mas Deus requer o seu sangue do guarda que não agiu para salvá-lo.

4) O vigia avisa o justo para que evite o pecado (Ezequiel 3:21). No último caso, o mensageiro de Deus cumpre sua responsabilidade e avisa o justo do perigo de se desviar. O justo acata essa instrução, resiste à tentação e vive. A sentinela fiel agiu para salvar a alma desse justo e se salvou no cumprimento do seu dever.

Dessas instruções de Deus para o profeta Ezequiel aprendemos duas lições principais. Primeiro, percebemos a importância de proclamar com fidelidade a mensagem do Senhor. Falar do pecado e das suas consequências fatais é desagradável e, por esse motivo, muitos que se dizem pregadores do evangelho evitam esses assuntos. Promessas de saúde física e bens materiais são mais fáceis de oferecer do que a verdade sobre a diferença entre a vontade de Deus e a rebeldia de pessoas carnais. Segundo, vemos claramente a escolha do homem. O perverso decide pecar, e tem a opção de não pecar. O justo decide fazer o certo, mas tem a opção de se desviar do caminho da justiça. Cada pessoa é responsável por suas decisões e receberá a justa recompensa por sua resposta à palavra de Deus (2 Tessalonicenses 1:7-10).

“Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo” (2 Coríntios 5:10).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA