Share Button

Uma Tomada Telefônica

História verídica.

O dono de um comércio deu instruções para um funcionário antes de sair em um determinado dia. Explicou que um técnico de uma empresa de telecomunicações iria passar na loja para fazer a fiação e instalar uma tomada telefônica. Mostrou para o funcionário o lugar específico onde queria que instalasse a tomada.

Algumas horas mais tarde, o patrão voltou. Perguntou se o técnico havia feito a instalação. O funcionário afirmou que sim, e o dono da loja estranhou quando não viu a tomada. O funcionário, sentindo-se confiante que o patrão ficaria contente, mostrou o local da nova tomada e explicou: “Eu sei que o senhor falou para instalar a tomada naquele lugar, mas eu e o técnico conversamos sobre o movimento da loja e percebemos que seria melhor instalar nesse outro lugar”. Esperando os elogios do chefe por sua iniciativa, o funcionário ficou surpreso ao ouvir duas palavras saírem da boca do patrão: “Está demitido”.

Não fique indignado com este empregador, porque ele agiu com razão. O problema não foi a localização da tomada, que poderia facilmente mudar. O problema foi a insubordinação do funcionário, uma atitude inadmissível numa empresa. Uma pessoa que não respeita as instruções do seu patrão em uma coisa pequena revela uma atitude que levaria a problemas mais sérios no futuro.

Jesus Cristo é o Senhor dos senhores, o Rei dos reis, o Supremo Pastor. Ele exerce autoridade absoluta e nos orienta sobre todos os aspectos das nossas vidas (Mateus 28:18-20).

E quando o patrão não está visivelmente presente no local, alguns sujeitos se mostram insubordinados e agem conforme as suas próprias preferências, opiniões e sabedoria. Podem achar que sua maneira de agir seja melhor do que as instruções encontradas nas Escrituras. Começam a alterar pequenas coisas. Apoiam casamentos que Jesus condena (leia Lucas 16:18; 1 Coríntios 7:1-3). Trocam a sequência das coisas que ele falou quando ensinam sobre a salvação (leia Marcos 16:16 e compare a ordem dada por Jesus com os ensinamentos dos homens, que colocam o crer depois do batismo ou a salvação antes do batismo). Decidem que imersão (o significado da palavra batismo) pode ser substituída por aspersão, que pão sem fermento (o que Jesus usou na Ceia do Senhor) pode ser substituído por pão comum, e que instruções sobre a conduta na igreja não têm mais validade hoje em dia (considere, por exemplo, 1 Coríntios 14:33-34 e as práticas de muitas igrejas).

Quando uma outra pessoa alerta e questiona tais ensinamentos ou práticas, a defesa comum é uma crítica: “Não, isso não tem nada a ver; você está sendo muito legalista”.

O legalismo, nesse contexto religioso e espiritual, é a crença na justificação pela obediência perfeita a um sistema de lei. O legalismo foi o problema dos judeus no Novo Testamento que procuravam ser justificados diante de Deus por obedecer perfeitamente o mandamento de guardar o sábado, dar o dízimo ou ser circuncidado. Qualquer pessoa que acha possível ficar de pé diante de Deus vestida das suas boas obras e obediência perfeita se engana fatalmente.

O cuidado de fazer o que o Senhor mandou, da maneira que o Senhor mandou e porque o Senhor mandou não é o legalismo, e sim o respeito e a reverência. A atitude de um homem que se acha capaz de mudar, trocar e omitir as coisas ordenadas por Deus não é a liberdade em Cristo, é falta de respeito para com Cristo.

O verdadeiro discípulo de Cristo assume o compromisso de lhe obedecer em tudo (Mateus 28:20). A atitude que leva à obediência não é o legalismo, é o amor. Jesus disse: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos” e “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada” (João 14:15,23).

Vamos instalar as tomadas onde Jesus manda. Rejeitemos o legalismo, mas não o amor!

por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA