Share Button

A Decisão é Sua!

No século 14 a.C., um dos maiores líderes da história de Israel fez seu último discurso desafiador. Depois de ser fiel ajudante de Moisés, Josué aceitou a incumbência divina de conduzir o povo de Israel na chegada e conquista da terra prometida aos seus antepassados, os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó. Durante toda sua carreira, Josué foi fiel ao Senhor e dedicado à sua nação. No final da sua vida, ele desafiou a próxima geração a aprender da história e olhar para o futuro, tomando boas decisões. Frisou o papel e a responsabilidade do povo em ouvir as instruções divinas e seguir sua lei. Desse discurso, registrado em Josué 24, aprendemos uma série de considerações importantes para tomar boas decisões.

Uma boa decisão considera o passado (Josué 24:1-13). Josué traçou a história do povo desde o pai de Abraão até a geração que conquistou a terra. Os antepassados adoraram falsos deuses, mas Deus separou Abraão e seus descendentes – Isaque, Jacó e seus descendentes. Pelas mãos de Moisés e Arão, Deus tirou o povo da escravidão no Egito, e lhe deu vitórias sobre os povos que Israel enfrentou no caminho para a terra prometida. Afinal, Deus lhe deu a terra prometida quando expulsou os povos que habitaram nela antes, assim demonstrando sua superioridade sobre todos os “deuses” dos outros povos! Josué frisou a importância dessa história para as decisões futuras dos israelitas. Precisavam lembrar donde vieram e como chegaram nessa terra preparada pelo Senhor.

Uma boa decisão considera o presente (Josué 24:13-18). Quando Josué falou, no final da sua vida, o povo habitava seguramente na terra dada por Deus. Agora, serviriam ao Senhor que lhes concedeu esta terra, ou procurariam os falsos deuses que os residentes anteriores serviam? A escolha sensata seria servir a Deus, o único verdadeiro e capaz de lhe dar estas vitórias, rejeitando os “deuses” vencidos. Para decidir bem, precisavam olhar ao seu redor e perceber quem estava com eles e quem teria poder para cuidar dessa nação.

Uma boa decisão considera o futuro (Josué 24:19-20). Com base na fidelidade de Deus no passado e no presente, eles teriam como pensar no futuro. Se os israelitas forem desobedientes, como os residentes anteriores da terra, seriam rejeitados e castigados por Deus. Para continuar sua comunhão com Deus, precisavam ser um povo santo e dedicado a ele.

Uma boa decisão considera as evidências sobre Deus. O argumento principal deste capítulo se baseia no caráter de Deus – ele é santo, poderoso, zeloso e justo. Nossas decisões devem começar com Deus, e não conosco. A chave é buscar a vontade dele, e não a nossa. Jesus frisou esse fato no seu ensinamento (Marcos 8:34; João 14:23).

Uma boa decisão considera os destinos (Josué 24:14-15). Josué 24:15 é, provavelmente, o versículo mais conhecido desse livro: “Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.” Qual foi o destino daqueles que serviam deuses estranhos (24:14-15)? Os ídolos conseguiram dar a vitória para os egípcios ou para os amorreus? Servir aos falsos deuses leva à destruição. E o destino daqueles que confiam no Senhor? Considere a história! Saíram do Egito, venceram os inimigos no caminho, expulsaram os moradores da terra e tomaram posse da terra prometida! Seria loucura servir aos falsos deuses vencidos!

Uma boa decisão requer compromisso (Josué 24:15,24-27). Josué lançou o desafio e chamou a nação de Israel a assumir o compromisso de fidelidade. Ele frisou a natureza desse compromisso com as palavras aliança, estatuto e testemunha.

O discurso de Josué não é unico. Moisés frisou a mesma escolha uma geração antes (Deuteronômio 30:15-20). 1.400 anos depois, Jesus pregou sua mensagem e nos chamou à tomar a mesma decisão (Mateus 7:13-14). Seguir a Jesus envolve um compromisso do mesmo caráter, a promessa de guardar tudo que Jesus nos ensina (Mateus 28:19-20). Temos uma base sólida para escolher, mas Deus deixa a opção com cada um de nós. Quando se trata da escolha de servir ou não ao Senhor, a decisão é sua!

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA