Share Button

Simples Pastores de Ovelhas

Qualquer grande líder vive cercado por conselheiros, e um dos mais visíveis geralmente cuida dos seus comunicados públicos. Hoje, são conhecidos como secretários ou assessores de imprensa. Quando um presidente, governador ou rei tiver um anúncio importante, esses ajudantes normalmente procuram a melhor maneira de comunicar para ter o maior impacto. É comum chamar outros líderes, senadores, governadores etc. para ouvirem de primeira mão a notícia. Nos dias atuais, coordenam a cobertura na televisão e na internet, até escolhendo os horários mais propícios para ter o maior impacto imediato possível.

Uma vez, o Rei mais poderoso de todos preparou um anúncio para seus sujeitos. Deu muita atenção aos detalhes do aviso. Preparou as palavras exatas que usaria. Escolheu o local para publicar sua notícia. Decidiu exatamente quais pessoas estariam presentes para ouvir a novidade. Escolheu a pessoa que agiria como seu porta-voz. E, quando tudo estava pronto, publicou a notícia mais importante da História a um pequeno grupo de trabalhadores do campo que cuidavam de ovelhas em um lugar afastado dos centros importantes.

A notícia que o anjo de Deus deu aos pastores perto de Belém foi: “eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2:10-11).

Meses depois, quando alguns magos estrangeiros procurarem esse bebê, imaginavam que o rei da região teria as informações. Foram falar com Herodes o Grande em Jerusalém, que governava toda a Judeia, mas ele não sabia nada sobre o Filho de Deus. Jesus havia nascido apenas 10 quilômetros de Jerusalém, e o rei não sabia!

Anunciar as boas novas sobre Jesus e seu papel como Salvador e Senhor às pessoas simples foi uma característica do trabalho de Cristo e seus seguidores. Jesus cresceu em uma aldeia insignificante, longe dos centros de poder. A maior parte do seu trabalho foi feito na Galileia e outras regiões rurais, com apenas algumas visitas a Jerusalém, a capital da Judeia. Nunca visitou Roma, Atenas ou outras cidades onde os poderosos e sábios moravam. Quando o próprio Jesus procurou acalmar as dúvidas do seu servo, João Batista, ele deu este resumo do seu trabalho: “Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho. E bem-aventurado é aquele que não achar em mim motivo de tropeço” (Mateus 11:4-6).

Deus, como Criador dos seres humanos, sempre soube como se comunicar com eles. Desde o sexto dia da Criação, o dia em que fez o homem e a mulher, Deus se comunicava em palavras que as pessoas compreendiam. As suas mensagens mais importantes, ao longo da História, não foram comunicadas aos reis e filósofos, mas a homens simples. No Egito antigo, ele usou um escravo encarcerado para falar com o rei mais poderoso do mundo (Gênesis 41). Uma humilde escrava falou ao comandante do exército que dominava o povo dela, dirigindo o homem ao profeta de Deus (2 Reis 6). E um grupo de 12 homens do interior, sem muita educação formal, foi usado para levar ao mundo a mensagem mais importante já comunicada.

Nos dias de hoje, todos temos acesso à mensagem de Deus. As Escrituras foram preservadas e traduzidas em praticamente todos os idiomas conhecidos. Desta forma, os anúncios divinos ficaram para os pobres e os ricos, os simples e os sábios, os humildes e os poderosos. Mas, mesmo assim, a simplicidade da mensagem atrai com maior facilidade as pessoas comuns. É difícil para as pessoas que se consideram bem-sucedidas e sábias aceitarem a mensagem do evangelho. Paulo escreveu aos cristãos na Grécia, residentes de um centro de comércio, cultura e filosofia: “Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus” (1 Coríntios 1:26-29). Por meio das Escrituras, Deus continua anunciando sua mensagem importante aos simples, humildes e pobres!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA