Share Button

Seguidores Unidos

O apóstolo Paulo encarou a possibilidade da sua própria morte e sentiu tristeza, não por causa da morte, mas por causa das atitudes erradas de alguns cristãos que ainda precisavam crescer e mudar. Estavam pregando o evangelho, mas por motivos egoístas. Ele chamou a atenção deles, e continua chamando a nossa, com estas palavras: “Se há, pois, alguma exortação em Cristo, alguma consolação de amor, alguma comunhão do Espírito, se há entranhados afetos e misericórdias, completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento. Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros. Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz” (Filipenses 2:1-8).

O vínculo e o amor entre cristãos são evidências ao mundo, mostrando que o nosso Senhor Jesus vem de Deus (João 17:21-23).O exemplo da vida de Jesus nos chama às atitudes de humildade, serviço e sacrifício necessárias para criar e manter vínculos de paz com outros seguidores do mesmo Senhor.

A humildade de Jesus se manifestou na sua obediência ao Pai. Nossa humildade se manifesta em nossa obediência ao Senhor. Isso significa um respeito real e profundo pela palavra de Deus como base da nossa unidade: “Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer” (1 Coríntios 1:10). Vamos pensar nas implicações desse versículo.

A unidade é baseada em Jesus Cristo. Quando agimos exclusivamente pela autoridade dele, não criamos divisões que vêm das opiniões, regras e tradições humanas. As únicas divisões devem ser entre a vontade de Deus e a vontade dos homens. Quando usamos a palavra “Senhor” para identificar Jesus Cristo, implicitamente reconhecemos sua autoridade para nos governar: “E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai” (Colossenses 3:17).

Os cristãos devem falar a mesma coisa. Esta frase não justifica os meios artificiais de impor ensinos homogêneos nas igrejas. Pelo contrário, exige muito esforço para entender e ensinar exclusivamente a doutrina de Cristo (1 Coríntios 4:6; 2 João 9).

Os discípulos devem ter a mesma disposição mental. Jesus é nosso exemplo perfeito (leia, de novo, a citação acima de Filipenses 2:1-8). Adotar a disposição mental de Cristo exige a humildade de colocar os interesses dos outros acima dos nossos: “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. . . . Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos” (Romanos 12:10,16).

Os seguidores de Cristo devem desenvolver o mesmo parecer. Enquanto as opiniões humanas geram divisões, a perfeita vontade do Senhor promove a plena harmonia fraternal. Para obter o mesmo parecer, precisamos abandonar as nossas próprias opiniões em favor da palavra de Jesus. Tiago nos ensina as prioridades certas em Tiago 3:17-18, onde diz que a sabedoria divina “é, primeiramente, pura; depois, pacífica . . .”. Antes da paz com homens, precisamos buscar a pureza da sabedoria revelada por Deus nas Escrituras. De fato, é o único caminho à verdadeira paz.

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA