“Está consumado”

Uma só palavra. Tetelestai. Esta é a palavra grega traduzida pela expressão “Está consumado” (João 19:30). Foi a última ou penúltima palavra falada por Jesus antes da sua morte (não temos informações suficientes para ter certeza da sequência das últimas duas palavras - esta e a expressão relatada em Lucas 23:46).

Jesus escolheu uma palavra cheia de significado apropriado para o momento do seu sacrifício pelos pecados dos homens. Pesquisadores têm encontrado esta mesma palavra em várias situações no mundo romano da época de Jesus. Exemplos de como a palavra foi empregada enriquecem nossa apreciação do sacrifício do Senhor.

Pago. Quando pagamos uma conta ou quitamos uma dívida, é comum o recebedor carimbar um comprovante com a palavra PAGO. A palavra que Jesus falou da cruz foi usada em comprovantes da época. No seu sacrifício, Jesus pagou a dívida do nosso pecado que foi salientado pela Lei dada no monte Sinai. Paulo explicou: “E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz” (Colossenses 2:13-14).

Sentença Executada. Outro uso da mesma palavra no mundo antigo foi por parte de soldados incumbidos com a aplicação de penalidades legais. Quando executaram as sentenças decretadas, escreviam a palavra tetelestai. Esse sentido, também, se aplica perfeitamente a Jesus. Ele assumiu o lugar dos criminosos que mereciam a morte pelos seus pecados (nós!) e ele mesmo declarou que a sentença foi aplicada. Pedro disse que Jesus sofreu em nosso lugar, “carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados” (1 Pedro 2:21,24).

Vitória! Mais um sentido da palavra tetelestai se aplica perfeitamente quando ouvimos esta palavra da boca de Jesus na cruz. Soldados gritavam esta palavra para anunciar suas vitórias no campo de batalha. Era o grito de triunfo. Com certeza, Jesus ganhou o direito de gritar sobre sua vitória. Quando ele morreu como sacrifício perfeito, ele venceu o pecado. Ele ganhou a guerra contra o adversário e, quando ressuscitou três dias depois, venceu também a morte.

A tradução comum (está consumado) comunica bem o sentido dessa palavra e inclui os diversos aspectos da consumação da missão messiânica. Jesus completou sua carreira e cumpriu seu propósito.

Em referência às centenas de profecias do Antigo Testamento, Jesus completou sua missão. Poucos dias depois, ele explicou este fato para os apóstolos: “A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos. Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras; e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém. Vós sois testemunhas destas coisas” (Lucas 24:44-48).

Quando se trata do papel da Lei, de mostrar para o homem o problema do pecado para abrir acesso ao perdão e à reconciliação, Jesus cumpriu seu propósito. Paulo explicou que a Lei identificou o problema do pecado mas não trouxe a justificação (Romanos 3:10; Gálatas 3:21-22). A promessa da justificação foi cumprida em Cristo (Gálatas 3:22-24; Romanos 3:24-26). Jesus cumpriu ou completou o que faltava na Lei: “Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê” (Romanos 10:4).

Jesus falou tudo isso quando disse: “Está consumado!”

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA