Share Button

O Reino de Deus

O Reino dos Céus, um filme de Ridley Scott lançado em 2005, trata de conflitos para controlar e manter a paz na cidade de Jerusalém. Tanto na Idade Média como nos dias de hoje, muitas pessoas têm entendido o Reino de Deus como uma entidade política e material. Milhões ainda acreditam que Jesus voltará à terra para estabelecer um reino com um exército físico e território geográfico. Seu conceito do reino é material e terrestre.

Um entendimento correto do Reino de Deus não vem do cinema, nem das especulações humanas sobre os planos de Deus para o futuro. Para entender a natureza desse reino, precisamos examinar os ensinamentos sobre o assunto nas mensagens reveladas pelo Senhor nas Escrituras.

O Novo Testamento fala repetidamente do reino de Deus ou do reino dos céus. Esse reino foi o tema da pregação de João Batista, o precursor de Jesus. Quando João começou a anunciar a mensagem do Senhor no deserto da Judeia, ele dizia: "Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus" (Mateus 3:2). Pouco tempo depois, Jesus iniciou seu ministério com a mesma mensagem: "Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus" (Mateus 4:17). Lucas comenta depois sobre este propósito no ensinamento de Jesus: "Ele, porém, lhes disse: É necessário que eu anuncie o evangelho do reino de Deus também às outras cidades, pois para isso é que fui enviado"(Lucas 4:43). Até o final do seu trabalho, Jesus continuou pregando um reino espiritual e celestial: "O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus ministros se empenhariam por mim, para que não fosse eu entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui" (João 18:36).

Depois de Jesus cumprir sua missão terrestre e voltar para os céus, os apóstolos e outros pregadores na igreja primitiva continuaram pregando o mesmo tema. Filipe levou o evangelho à cidade de Samaria. "Quando, porém, deram crédito a Filipe, que os evangelizava a respeito do reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, iam sendo batizados, assim homens como mulheres" (Atos 8:12). A reação à mensagem sobre o reino dos céus foi a decisão desses ouvintes de aceitar a orientação espiritual, levando ao batismo deles. Se o reino fosse material e político, teriam pedido cidadania ou tomado armas para defendê-lo (como o próprio Jesus disse para Pilatos em João 18:36).

Em Éfeso, Paulo ensinou durante três meses em uma sinagoga, "dissertando e persuadindo com respeito ao reino de Deus" (Atos 19:8). Esta mensagem envolve todo o propósito de Deus desde as profecias do Antigo Testamento até o cumprimento delas em Jesus. Quando Paulo chegou a Roma, ele teve oportunidade de explicar sobre o reino: "Então, desde a manhã até à tarde, lhes fez uma exposição em testemunho do reino de Deus, procurando persuadi-los a respeito de Jesus, tanto pela lei de Moisés como pelos profetas" (Atos 28:23).

Nesse último capítulo do livro de Atos dos Apóstolos, percebemos que a mensagem do Reino dos céus é inseparável da mensagem sobre Jesus Cristo. O livro termina com este comentário sobre o trabalho de Paulo durante sua prisão em Roma: "pregando o reino de Deus, e, com toda a intrepidez, sem impedimento algum, ensinava as coisas referentes ao Senhor Jesus Cristo" (Atos 28:31). Quando ele usa o termo "Senhor Jesus Cristo", ele enfatiza três aspectos importantes do trabalho do Filho de Deus. Jesus é um nome que significa Salvador. Cristo vem da forma grega da palavra Messias, que significa Ungido. Senhor identifica sua posição de autoridade absoluta, pois ele é o rei do reino celestial.

Receber o reino dos céus não significa a participação em alguma guerra carnal para matar ou dominar outras pessoas. Significa a submissão total a Jesus Cristo. Como ele mesmo disse: "Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado" (Mateus 28:18-20).

Jesus nos convida a participar do seu reino eterno como cidadãos sujeitos ao Rei!

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA