Share Button

Peso e Balança Justos

Jesus ensinou que a vontade de Deus se resume em dois grandes mandamentos: amar a Deus e amar ao próximo (Mateus 22:37-40). Não nos surpreende, então, perceber que o serviço a Deus (a religião) é ligado ao tratamento de outras pessoas (a ética). Muitas instruções bíblicas reforçam este vínculo importante. Jesus ensinou que a relação com Deus depende do tratamento com os outros (Mateus 5:23-24), e que é preciso perdoar outros para recebermos o perdão de Deus (Mateus 6:14-15). Pedro ensinou que o marido que não trata bem sua mulher perde a comunhão com Deus (1 Pedro 3:7). Paulo disse que a mulher que não cumpre suas obrigações familiares traz blasfêmia contra a palavra de Deus (Tito 2:5). João resumiu bem estes ensinamentos quando afirmou que o homem que não ama a seu irmão não pode amar a Deus (1 João 4:8,11,19,20).

Estes princípios devem reger o nosso procedimento em todos os aspectos de relações humanas. Qualquer homem que diz respeitar a Deus deve respeitar a sua mulher. Qualquer pessoa que reconhece sua necessidade do perdão de Deus deve se prontificar para perdoar. E qualquer pessoa que quer ser tratada com honestidade e justiça por Deus precisa praticar a honestidade em todos os seus tratos com homens.

Os ensinamentos relatados no livro de Provérbios foram escritos 3.000 anos atrás e refletem princípios morais e éticos ainda mais antigos. Entre as orientações práticas desse livro encontramos algumas especialmente importantes para a nossa vida cotidiana. Considere alguns exemplos.

“Dois pesos e duas medidas, uns e outras são abomináveis ao SENHOR” (Provérbios 20:10). Qualquer pessoa que já comprou frutas ou verduras entende o princípio. Uma das táticas mais antigas para ganhar dinheiro desonestamente é por meio de pesos desiguais. Se um vendedor cobrar o valor de um quilo e entregar apenas 900 gramas, o comprador sai no prejuízo. Pode ser que muitos compradores enganados nunca descubram a mentira, mas Deus olha para tal comportamento como abominável, algo totalmente repugnante para ele.

Mas tais práticas não se limitam a pequenos vendedores. Quantos governantes negociam contratos e justificam despesas altas aos cidadãos que pagam os impostos quando, de fato, estão desviando parte do dinheiro e exigindo subornos? “O perverso aceita suborno secretamente, para perverter as veredas da justiça” (Provérbios 17:23). Alguns desvios são descobertos e os responsáveis recebem um castigo nesta vida. Mas Deus vê todos, e vai julgar com retidão.

“Peso e balança justos pertencem ao SENHOR; obra sua são todos os pesos da bolsa” (Provérbios 16:11). Conversei recentemente com um homem cujo trabalho envolve a verificação de pesos usados na validação de negócios, prestando serviço a um órgão do governo. Ele explicou o cuidado necessário para proteger os consumidores. Desde a antiguidade, há padrões usados no comércio para proteger ambas as partes nos negócios. Mas os princípios atrás destes padrões não vêm de governos humanos. O próprio Senhor estabeleceu normas justas e retas porque ele é reto e justo.

Quando tratamos outros com honestidade em todos os negócios, refletimos um aspecto importante do caráter do nosso Criador. Um quilo é um quilo, não importa se vende ou compra. Entre pessoas honestas, sim significa sim, e não significa não (Tiago 5:12). Mesmo quando percebemos depois de dar a nossa palavra que o negócio não foi bom para nós, ainda devemos cumprir a palavra. Davi identificou algumas características das pessoas que habitarão com Deus: “O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade... o que jura com dano próprio e não se retrata” (Salmo 15:2,4).

Como em todos os aspectos da vida, as relações entre pessoas em assuntos comerciais e políticos seriam bem melhores se respeitássemos os princípios de ética revelados pelo Senhor desde os tempos antigos. A honestidade é de suma importância entre seres humanos, e fundamental para ter comunhão com o nosso Criador e Juiz.

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA