Share Button

3 João: Um Contraste entre Dois Homens

A terceira epístola de João (3 João) foi escrita com o propósito de incentivar um discípulo fiel a perseverar no seu serviço, mesmo enfrentando resistência de um outro homem que tinha bastante influência.

Sobre o destinatário desta carta, sabemos somente o que João disse nela. Era um irmão em Cristo chamado Gaio. João o amava e elogiava seus trabalhos e sacrifícios generosos em prol do evangelho. É possível que Gaio enfrentasse alguns problemas de saúde e até dificuldades financeiras, pois João desejava prosperidade e saúde para ele (3 João 2). Mas qualquer fraqueza física ou necessidade material foi insignificante quando comparada com a perseverança e saúde espiritual de Gaio.

Gaio foi respeitado, até por irmãos que só o conheciam de passagem, por sua generosidade em acolher e ajudar evangelistas que passavam por sua cidade. Ele reconhecia estes homens fiéis e dava seu apoio, e João elogiou esta atitude. Observamos pelo exemplo de Gaio uma das muitas maneiras que podemos contribuir à obra de Deus: além de juntar os nossos recursos financeiros com os de outros cristãos para fazer o trabalho de uma igreja local (veja 1 Coríntios 16:1-2; Filipenses 4:14-18), podemos usar nosso dinheiro, nossas casas e outros recursos materiais para apoiar servos fiéis que pregam o evangelho. Foi assim que Gaio agia.

A outra personagem destacada nesta carta foi bem diferente. Embora tivesse influência na igreja, Diótrefes foi dominado por ambições carnais. Ele não somente não apoiava, mas até procurava impedir o trabalho dos fiéis. E quando outros ajudavam irmãos dedicados, este homem os expulsava da igreja! Até blasfemava o próprio apóstolo João, e este pretendia repreendê-lo pessoalmente.

O conteúdo de 3 João se organiza pelos assuntos abordados, principalmente os comentários sobre as obras das pessoas citadas:

Versículo 1 é a saudação, na qual João identifica por nome o destinatário da carta.

Versículos 2 a 4 comunicam o desejo do autor referente à vida de Gaio, elogiando sua fidelidade. Como no começo das outras epístolas, João enfatiza aqui a importância da direção da vida com o verbo “andar”. Aqui, ele fala de andar na verdade (compare 2 João 4). Na primeira epístola, usou a expressão paralela de andar na luz e praticar a verdade (1 João 1:6-7).

Versículos 5 a 8 mostram a aprovação pelo apóstolo das obras de Gaio em acolher e ajudar pregadores do evangelho.

Versículos 9 e 10 apresentam um nítido contraste na forma de uma crítica de Diótrefes, o irmão ambicioso que atrapalhava o trabalho dos fiéis.

Versículo 11 define em poucas palavras o ponto principal do contraste entre esses homens. Devemos imitar o bom e rejeitar o mau, considerando os destinos finais dos dois.

Versículo 12 comenta sobre um outro homem, Demétrio, possivelmente o mensageiro que teria levado esta epístola a Gaio.

Versículos 13 a 15 são os comentários finais nos quais João fala da sua esperança de ver Gaio pessoalmente.

Em nossa experiência na busca das coisas de Deus, encontraremos muitas pessoas com as características carnais de Diótrefes. Mas, graças a Deus, também encontraremos pessoas sinceras, generosas e boas como Gaio. Devemos imitar o bom exemplo destas, e fugir da corrupção daquelas!

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA