Share Button

Mais Um Sinal!

“Deus vai mostrar o caminho!”

“Ele vai tocar no meu coração.”

“Jesus vai me dar um sinal para saber a verdade.”

“O Espírito Santo vai me revelar; ele não vai me deixar ser enganado.”

Estas e outras afirmações parecidas são extremamente comuns e usadas muitas vezes para adiar decisões ou fugir de responsabilidades em relação à vontade de Deus. Ao invés de se esforçar para entender a palavra de Deus, a pessoa confia em algum sinal ou revelação especial e particular para iluminar seu caminho. Recusa examinar as evidências já dadas e pede mais um sinal divino.

Há algum problema nisso? Com certeza! Atitudes como estas são características de pessoas rebeldes que não querem aceitar a vontade de Deus. Vamos considerar alguns exemplos bíblicos.

Mande alguém dentre os mortos para falar com a minha família. Depois de negligenciar a vontade de Deus durante toda a sua vida, um homem que vivia no conforto das suas riquezas se encontrou no tormento da separação de Deus. Quando Abraão negou qualquer alívio do seu próprio sofrimento, os pensamentos deste homem condenado voltaram para os parentes ainda vivos. Pediu que Abraão enviasse alguém dentre os mortos para falar com eles. Abraão recusou, dizendo que não ajudaria, pois já tinham evidências suficientes para evitar o destino no tormento. Veja o pedido do rico e a resposta de Abraão: “Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna, porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento. Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos. Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão. Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos” (Lucas 16:27-31).

Mostre um sinal do céu. Jesus já estava no final do seu ministério terrestre. Os últimos três anos de sua vida foram dedicados à apresentação da vontade divina aos homens. Ele realizou milagres, ensinou seus seguidores e respondeu às dúvidas e críticas dos céticos. Alguns religiosos chegaram a Jesus com um pedido. Queriam ver um sinal do céu. Jesus ficou frustrado com eles e recusou o sinal que pediram. Ele comparou a sua ressurreição, que aconteceria pouco tempo depois, com a aparição de Jonas vivo depois de ser jogado ao mar: “Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal lhe será dado, senão o de Jonas. E, deixando-os, retirou-se” (Mateus 16:4). Se não acreditassem nas evidências da ressurreição, outro sinal não faria diferença.

Se descer da cruz, creremos! Durante a agonia de Jesus na cruz de Calvário, os inimigos do Senhor se achavam fortes e vitoriosos. Não admitiam que o sacrifício de Jesus fosse um ato de amor para oferecer a salvação até para os mesmos homens que pediram sua morte. Acharam na crucificação mais uma oportunidade para zombar de Jesus: “Os que iam passando blasfemavam dele, meneando a cabeça e dizendo: Ó tu que destróis o santuário e em três dias o reedificas! Salva-te a ti mesmo, se és Filho de Deus, e desce da cruz! De igual modo, os principais sacerdotes, com os escribas e anciãos, escarnecendo, diziam: Salvou os outros, a si mesmo não pode salvar-se. É rei de Israel! Desça da cruz, e creremos nele. Confiou em Deus; pois venha livrá-lo agora, se, de fato, lhe quer bem; porque disse: Sou Filho de Deus” (Mateus 27:39-43). A triste ironia deste desafio é que Jesus poderia ter descido da cruz para dar o sinal que pediram, mas desta maneira não teria cumprido sua missão para salvar os mesmos pecadores que o blasfemavam!

Deus já nos revelou todas as evidências, provas e respostas necessárias para chegar à fé e a salvação (2 Pedro 1:3-4). Ao invés de pôr Deus à prova pedindo mais sinais, é preciso encarar essas evidências e responder ao Deus que se revelou!

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA