Pai, Filho e Espírito Santo: Três Pessoas?

A Igreja Católica ensina que há um Deus em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. A maioria das igrejas evangélicas ensinam a mesma doutrina, frequentemente descrita pela palavra trindade. Outros grupos dizem que Pai, Filho e Espírito Santo são apenas três manifestações de uma só pessoa. Ainda outros ensinam que o Pai é Deus, Jesus uma pessoa de qualidade inferior (anjo ou homem) e que o Espírito Santo é uma força ativa, e não uma pessoa.

O propósito dos artigos publicados neste site não é defender doutrinas católicas nem protestantes. Quando tais grupos divergem das Escrituras, não temos motivo para defendê-los. Mas quando o ensinamento vem das Escrituras, independente de quem o apresenta, devemos aceitá-lo porque a Bíblia diz. A autoridade que nos governa é o próprio Jesus cuja palavra foi revelada no Novo Testamento.

Há vários textos bíblicos que entram no estudo sobre a personalidade de Deus. Mesmo depois de estudar todos os textos, nosso entendimento será incompleto. Devemos ter humildade suficiente para reconhecer que Deus está infinitamente acima de nós e além da nossa compreensão. Davi escreveu: “Que preciosos para mim, ó Deus, são os teus pensamentos! E como é grande a soma deles! Se os contasse, excedem os grãos de areia; contaria, contaria, sem jamais chegar ao fim” (Salmo 139:17-18). Você já conseguiu contar todos os grãos de areia de todas as praias do mundo? Então, não imagine que conseguirá compreender a grandeza de Deus! Leia, também, Isaías 55:8-9.

Deus fornece informações para nos levar a crer e aceitar fatos sobre ele, mesmo sendo incapazes de compreender todos os seus pensamentos. Quando o homem rejeita tais informações reveladas pelo Senhor, ele erra gravemente. É o caso das pessoas que procuram explicações de Deus que contradizem as Escrituras.

O Novo Testamento deixa registros claros de alguns fatos sobre Deus que todos nós devemos aceitar. Entre eles estão:

Há um só Deus (Efésios 4:6).

O Pai de Jesus é chamado Deus (2 Coríntios 1:3).

Jesus é chamado Deus e, por ordem do Pai, recebe a adoração que pertence exclusivamente a Deus (João 1:1; Hebreus 1:6; Mateus 4:10). Estes fatos mostram que Jesus é Deus, e não apenas um anjo ou homem. Quem recusa honrar o Filho do mesmo modo que honra o Pai desrespeita os dois (João 5:23).

Quando se trata de posição ou autoridade, Jesus é subordinado ao Pai (João 14:28) e obediente a ele (Hebreus 5:8). Da mesma maneira que a mulher (ser humano) é submissa ao marido (outro ser humano), Jesus (ser divino) é submisso ao Pai (outro ser divino). Paulo fez esta comparação em 1 Coríntios 11:3.

Jesus mesmo afirmou que Pai e Filho são duas pessoas distintas (João 8:16-18,54) mas perfeitamente unidas, como outras pessoas distintas podem ser unidas (João 17:20-23).

Jesus não tratou o Espírito Santo como apenas uma força ativa, mas como outro ser da mesma qualidade (João 14:16). A palavra “outro” nesse versículo significa outro da mesma categoria ou tipo. Assim percebemos que Jesus é pessoa, e o outro Consolador também é pessoa. Jesus é Deus, e o outro Consolador também é Deus.

Muitas outras passagens esclarecem o ensinamento bíblico sobre Deus, mas essas servem para esclarecer os fatos principais. Devemos crer em Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, não por causa do ensinamento de uma igreja ou outra, mas por causa das afirmações reveladas por Deus nas Escrituras.

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA