Share Button

A Residência de Deus

Praticamente todas as principais religiões do mundo têm seus lugares santos. Em alguns casos, entendem estes lugares como se fossem residências dos seus deuses, e milhões de pessoas gastam bilhões de reais (ou outras moedas) anualmente para visitar esses templos e monumentos. Até nas religiões iniciadas com o ensinamento de Jesus, muitos atribuem alguma importância especial aos lugares, acreditando que a presença de Deus seja mais evidente, quase palpável, nas suas igrejas ou templos.

No Antigo Testamento, Deus mandou que uma tenda fosse feita para representar sua presença no meio do povo escolhido e, depois, permitiu a construção de uma casa mais permanente, o templo de Salomão. Quando Salomão dedicou o templo em Jerusalém mais de 900 anos antes de Cristo, ele entendeu que representava a presença de Deus, e que Deus não habitaria de fato naquela casa. Salomão disse: “Mas, de fato, habitaria Deus na terra? Eis que os céus e até o céu dos céus não te podem conter, quanto menos esta casa que eu edifiquei” (1 Reis 8:27). Conforme a vontade de Deus, o templo em Jerusalém foi o centro de adoração ao Senhor durante séculos, sendo o único lugar em que alguns serviços do povo foram aceitos.

Aquele templo foi destruído pelos babilônios e reconstruído pelos judeus. Até o rei Herodes fez reformas no imóvel mais sagrado dos judeus. Com as dispersões dos descendentes de Abraão, alguns adotaram outros locais de adoração. Os samaritanos, uma população composta de uma mistura de judeus com outros povos, construíram um templo no monte Gerizim, defendendo este local como o lugar certo da casa de Deus. Até os tempos atuais, descendentes dos samaritanos comemoram suas festas religiosas neste local.

Foi perto deste monte que Jesus parou perto de um poço e conversou com uma mulher. Ele conseguiu criar um interesse espiritual nessa mulher, e ela percebeu o entendimento deste homem judeu que falava com ela. A mulher queria saber sobre este conflito entre judeus e samaritanos: “Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar” (João 4:20).

Jesus responde: “Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” (João 4:21-24).

Nessas palavras, Jesus respondeu à pergunta dela sobre a diferença entre judeus e samaritanos, afirmando que os judeus tinham razão em adorar a Deus em Jerusalém, enquanto os samaritanos agiam sem base. Mas este fato logo perderia seu significado, pois Jesus veio para fazer mudanças radicais!

O lugar geográfico perderia seu significado, pois a adoração que Deus deseja vem dos corações dos seus servos. Uma vez que Jesus Cristo cumpriu sua missão na Terra, lugares como Gerizim e Jerusalém não têm nenhuma importância especial. E o mesmo princípio ajuda a entender que outros lugares exaltados pelos homens – Meca, Roma e outros – não oferecem condições especiais de aproximar-se de Deus.

A adoração não ganha seu valor do local, e sim do serviço oferecido “em espírito e em verdade”. Ao invés de viajar para algum “lugar santo”, devemos focalizar a nossa atenção na adoração sincera conforme a vontade revelada por Deus. Quando homens e mulheres de corações sinceros adoram conforme as instruções reveladas nas Escrituras, Deus é honrado. De qualquer outra maneira, não importa o lugar, a adoração será rejeitada. Independente de onde estivermos vamos adorar “em espírito e em verdade”!

–por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA