Share Button

A Pureza de Daniel

Daniel e alguns outros jovens de Judá foram arrebatados dos seus lares e levados cativos por seus inimigos babilônicos. Daniel e três amigos foram selecionados para um programa especial de treinamento para prepará-los para ocuparem postos no governo babilônico. Que oportunidade para melhorar sua situação! Ao invés de sofrer como um escravo, ele poderia conseguir uma posição de importância no governo do império principal do mundo.

Mas havia um problema. Daniel percebeu que algumas das comidas do plano da dieta do rei não eram permitidas pela lei que Deus tinha dado aos judeus. Não sabemos exatamente a natureza do problema, pode ser que as refeições incluíam carne de porco ou outras coisas proibidas na Lei dada aos judeus 800 anos antes. O fato importante é que Daniel sabia que seria uma violação da vontade de Deus comer o que os babilônicos lhe serviam. Este jovem enfrentou uma decisão importante.

Ele poderia comer essa comida. Sem dúvida, poderia justificar esta "pequenina" infração da Lei de Deus. Esta poderia ser a única oportunidade para ele se levantar e salvar a si mesmo e até sua nação. E além do mais, será que ele devia obediência ao Deus que permitiu que ele fosse levado para o cativeiro? Os povos no geral e até alguns judeus acreditavam na ideia de deuses locais e limitados. Uma vez que ele foi levado para longe da sua terra, será que a Lei ainda teria efeito? Será que Deus se preocuparia com estes jovens? Que mal poderia haver em comer um pouco da comida proibida por uma lei antiga? E desde que ele estava tão longe de casa, quem jamais saberia? Será que teria alguma consequência se ele aceitasse a comida?

Ele poderia recusar a comida do rei. Pensando em consequências imediatas, esta escolha teria muitas desvantagens. Seus companheiros poderiam ridicularizá-lo por manter sua lealdade a uma lei antiga dada por um deus de poder duvidoso. Pior ainda, o rei ou seus funcionários poderiam expulsá-lo do programa de treinamento ou mesmo puni-lo por desobediência. Não seria difícil imaginar uma sentença de morte imediata por tal desrespeito ao imperador. Valeriam a pena esses riscos?

Esta era uma grande decisão para um jovem judeu longe de casa. Muitas pessoas, mesmo algumas mais velhas, não teriam demonstrado a coragem de tomar uma posição de obedecer ao Senhor. Quando as pessoas não querem fazer o que é certo, elas inventam incontáveis desculpas que pareçam plausíveis. Mas Daniel queria proceder corretamente. Ele não estava procurando desculpas, nem estava preocupado com sua própria segurança. Queria, acima de tudo, agradar a Deus. “Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei” (Daniel 1:8).

Este versículo deve soar como lema para todos que buscam agradar a Deus hoje. O mundo oferece infinitas maneiras de se contaminar com a corrupção, a imoralidade, a crueldade e o ódio. Mas podemos e devemos demonstrar a mesma determinação daquele jovem hebreu de 2.600 anos atrás. Resolvamos, firmemente, não nos contaminar com a injustiça. Determinemos não nos sujar com a corrupção. Decidamos não nos poluir com a imoralidade e a indecência. Vamos simplesmente dizer “não” ao pecado em todas as suas formas enganadoras e tentadoras.

Daniel foi recompensado por sua fé e convicção. Durante mais de 65 anos, ele ocupou algumas das mais poderosas posições nos governos da Babilônia e da Pérsia.

Nós enfrentamos desafios semelhantes. Num mundo cheio de impureza moral, podemos procurar desculpas para justificar o pecado, ou podemos determinar manter-nos puros, como Daniel fez. A decisão correta tem sua recompensa: um lugar eterno de honra no reino do céu!

–por Dennis Allan

Outros artigos sobre o mesmo tema:

A Determinação de Daniel

A Decisão de Daniel


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA