Share Button

As Coisas de Deus ou as dos Homens?

Pedro é um dos mais fascinantes personagens da Bíblia. Jesus viu o potencial deste “diamante bruto” e trabalhou para lapidá-lo num apóstolo eficiente e fiel, que mais tarde se tornaria qualificado para servir como presbítero (1 Pedro 5:1).

Houve momentos de brilho na vida de Pedro. Ele não hesitou de modo nenhum em confessar Jesus, mesmo quando outros estavam inseguros a seu respeito (Mateus 16:13-20). Durante muito tempo após a morte e ressurreição de Jesus, Pedro proclamou ousadamente o evangelho em Jerusalém e outros lugares, apesar das ameaças dos líderes judeus (Atos 4:18-31; 5:27-32). Ele tinha coragem para obedecer a Deus e pregar aos gentios, mesmo quando isso significava voltar-se contra 1.500 anos de tradição religiosa (Atos, capítulos 10, 11 e 15). Pedro participou de decisões importantes (Atos 15:7) e escreveu duas epístolas para relembrar os cristãos dos ensinamentos dos apóstolos. Até o fim da vida, foi um apóstolo dedicado e ativo.

Mas Pedro também cometeu alguns erros importantes. Ele agia, frequentemente, sem parar para pensar e escolher cuidadosamente seu rumo. Observamos estes momentos especialmente no início da sua caminhada com Cristo. Uma vez, Pedro repreendeu Jesus por falar de sua morte iminente: “Tem compaixão de ti, Senhor; isso de modo algum te acontecerá” (Mateus 16:22). Em outra ocasião, ele negou Cristo na sua hora mais difícil (Mateus 26:69-75). Mesmo depois de ser usado por Deus para levar o evangelho aos outros, este apóstolo agiu como hipócrita ao recusar associar-se com os cristãos gentios. Quando um outro apóstolo viu o procedimento incoerente de Pedro, ele o repreendeu publicamente (Gálatas 2:11-17).

Por que o mesmo homem que era tão firme pela verdade às vezes tropeçava? Encontramos a chave para o entendimento de Pedro, e de nós mesmos, em Mateus 16. Ao acompanhar Jesus durante seu ministério terrestre, testemunhando suas obras e ouvindo seus ensinamentos, Pedro chegou à conclusão certa: Jesus é o Messias e o divino Filho de Deus. Quando Jesus elogiou a grande confissão de Pedro, ele disse: “Pois isso não lhe foi revelado por carne nem sangue, mas por meu Pai que está nos céus” (Mateus 16:17). Mas, logo em seguida, quando Pedro tentou impedir o plano de Deus, Jesus o repreendeu e atribuiu este comportamento errado de Pedro a outra motivação: “Não tem em mente as coisas de Deus, mas as dos homens” (Mateus 16:23).

Esta é a chave para entender Pedro. Quando pensava e agia com base na revelação de Deus, ele luzia brilhantemente. Mas quando permitia à sabedoria humana guiá-lo, ele tropeçava e pecava.

Pedro aprendeu, finalmente, esta lição. Ele veio a entender a importância do domínio próprio, perseverança e amor, e disse que aqueles que desenvolvessem tais qualidades não tropeçariam (2 Pedro 1:3-11). Este é o conselho de um apóstolo que cresceu em Cristo e a chave para o nosso sucesso espiritual. Precisamos enraizar firmemente nossas vidas na sabedoria da revelação de Deus. Se o fizermos, entraremos no reino eterno de nosso Salvador.

Nós, como Pedro, enfrentamos pressões contraditórias. Por um lado, temos o privilégio de ouvir a voz do Senhor através das Escrituras que ele nos deixou. Quando acatamos estes ensinamentos e nos mantemos firmes nestas convicções, fazemos bem e seremos elogiados por Deus. Por outro lado, a voz da sabedoria humana e do nosso próprio raciocínio nos convida a negar Jesus e sua palavra. Se dermos ouvidos a estas ideias próprias, entraremos em conflito com o Criador e Salvador.

Como Pedro foi inconstante durante alguns anos da sua caminhada espiritual, muitos de nós vacilamos em momentos críticos. Mesmo nestes momentos de vergonha, devemos olhar para o exemplo deste apóstolo. Tropeçava, mas se levantava. Errava, mas buscava perdão e voltava à comunhão com Deus. Se os primeiros passos de Pedro foram incertos e instáveis, o discípulo maduro se mostrou firme, perseverante e resoluto na sua busca da glória eterna na presença de Deus. Vamos aprender esta lição fundamental para a nossa salvação.

–por Dennis Allan

Encontrará uma versão menor deste artigo aqui: As Coisas de Deus ou as dos Homens?


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA