Share Button

Terra Mais Alta

"Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte, e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e ele passou a ensiná-los, dizendo ..." (Mateus 5:1-2).

Nós ficamos fascinados com a altura. O Monte Everest é a montanha mais alta da terra, com mais de 8.800 metros de altura. Milhões de pessoas viajam só para olhar pra ela, e sua sedução como destino de escalada e caminhada é legendária. Outros montes de altitudes bem menores também são famosos e prezados como destinos. A maioria das nações nota os seus "locais mais altos" e são muitas vezes destacados como destinos turísticos.

Este fascínio não se limita apenas à geografia. O prédio mais alto, o homem mais alto e o animal mais alto são itens notáveis. Histórias de gigantes, sejam verdadeiras (Golias) ou mitos (o gigante de João e o pé de feijão) continuam a provocar interesse. Gostamos do incomum, com certeza, mas o tamanho e especialmente a altura parecem ter um apelo particular.

É fácil ver que a Bíblia mostra as montanhas de forma proeminente. Os exemplos incluem o Ararate, onde a arca pousou (Gênesis 8:4); o Sinai, onde a Lei foi dada a Moisés (Êxodo 19:20); o Nebo, no qual Moisés morreu (Deuteronômio 32:49); e o monte da Transfiguração, onde a autoridade de Jesus foi confirmada aos apóstolos (Marcos 9:2). Coisas boas muitas vezes aconteciam em montanhas. Muitas vezes se associa Deus aos montes. O salmista proclamou, "Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra" (Salmos 121:1,2).

Dado este histórico, não é surpreendente que Jesus subiu na montanha e lá ensinou a seus discípulos. É o que poderíamos esperar. A geografia da Palestina e a qualidade acústica natural de tal lugar também incentivavam a sua seleção. Mas também podemos entender uma aplicação espiritual? Jesus ensinava da "terra mais alta" não somente no local físico de seu sermão, mas também nas suas perspectivas morais, éticas e teológicas. Ele era vastamente superior aos líderes judeus contemporâneos em todos estes sentidos. A sua sinceridade e verdade ultrapassavam a hipocrisia deles. O seu amor pelos perdidos se sobressaía em relação ao egoísmo deles. A sua reverência para com Deus se posicionava acima do orgulho deles.

O cristianismo genuíno, quando comparado com qualquer outra religião ou filosofia, é uma terra mais alta. Ele nos dá a maior visão da humanidade, a única revelação verdadeira de Deus e a única esperança verdadeira que o homem pode possuir. Da mesma forma que amamos a paisagem do Monte Everest, a maravilha da engenharia de um arranha-céus gigante, ou a graça e o poder de um "gigante" numa quadra de basquete, as alturas incríveis do Caminho de Cristo são muito mais grandiosas. Jesus prometeu, "conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32). A sua verdade é incrivelmente bonita. Que possamos proclamá-la e segui-la sempre.

–por Michael Brooks

Leia mais sobre este assunto:
A Transfiguração de Cristo

A transfiguração de Jesus

Num Monte na Galiléia

O Sermão da Montanha


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA