Share Button

Lamentações Inúteis  (mp3)

Depois de ouvir os relatos contraditórios dos espiões que voltaram de Canaã, o povo lamentou. “Levantou-se, pois, toda a congregação e gritou em voz alta; e o povo chorou aquela noite” (Números 14:1). Tristeza pode nos impelir ao “arrependimento para a salvação” (2 Coríntios 7:10), mas nem sempre tem este efeito. O povo de Israel chorou amargamente, mas não se arrependeu. Consideremos alguns exemplos de lamentações ineficazes.

Dor que não busca a Deus. A dor serve para nos alertar. Se tocar num fogão quente, a dor nos avisa da necessidade de retirar a mão o mais rápido possível. Dor do espírito apresenta motivo para nós buscarmos a Deus, querendo ser salvos por ele. Mas muitos, mesmo sofrendo por causa do pecado, não procuram a Deus. Jesus olhou com compaixão para o sofrimento dos judeus, mas eles recusaram a proteção dele (Mateus 23:37-38).

Pânico que procura outras soluções. Todos nós precisamos do Senhor, mas o homem teimoso procura resolver seus problemas sem reconhecer a supremacia de Deus. Acazias procurou a ajuda do falso deus, Baal-Zebube, e sofreu as conseqüências de sua rebeldia contra Deus (2 Reis 1). O povo de Judá achou conforto nos falsos ensinamentos dos líderes religiosos, mas Deus falou dos seus remédios ineficazes: “Curam superficialmente a ferida do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz” (Jeremias 6:14; 8:11). Hoje, há muitas pessoas que oferecem vários caminhos para a “paz” emocional ou espiritual, mas a única paz verdadeira é a reconciliação com o nosso Criador e Redentor (Efésios 2:14-16).

Tristeza que rejeita a consolação. Sofrimento pode nos ajudar, fortalecendo a nossa fé e produzindo perseverança (Tiago 1:2-4). Quando a dor parece insuportável, precisamos de Jesus (Mateus 11:28-29). Algumas pessoas, porém, recusam o alívio de Deus e são consumidas pela angústia dos seus problemas. 

“Nos muitos cuidados que dentro de mim se multiplicam, as tuas consolações me alegram a alma” (Salmo 94:19).

-por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
O Querer e o Realizar

Deveriam os cristãos jejuar?

Doze Quilômetros a Pé

E se eu pecar?

Discórdias, Dissensões, Facções
Por que os justos sofrem?


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA