A Justiça e a Paz se Beijaram

O povo de Deus pede a misericórdia, depois de sofrer por seus pecados. Este é o tema do Salmo 85. Não temos certeza do contexto histórico deste Salmo, mas muitos estudiosos acreditam que tenha sido escrito para celebrar a volta do povo do cativeiro na Babilônia. Independente da circunstância histórica, o Salmo mostra o desejo do povo arrependido de manter sua comunhão restaurada com Deus.

“Encontraram-se a graça e a verdade, a justiça e a paz se beijaram” (Salmo 85:10). Este versículo descreve a circunstância maravilhosa depois da reconciliação dos pecadores arrependidos com seu Deus misericordioso. O versículo apresenta dois pares de palavras de contraste: Graça X Verdade e Justiça X Paz.

A verdade e a justiça sugerem aspectos da santidade de Deus. Ele é santo, reto, verdadeiro e perfeitamente justo (Isaías 6:3). É esta santidade que não suporta o pecado do homem, pois Deus vive acima da iniqüidade: “Pois tu não és Deus que se agrade com a iniqüidade, e contigo não subsiste o mal” (Salmo 5:4). A santidade de Deus traz a sua ira sobre os pecadores. Os israelitas sentiram esta ira antes da sua reconciliação (Salmo 85:4-5). A ira divina permanece sobre os ímpios e rebeldes (João 3:36).

A graça e a paz são características do amor de Deus. João diz simplesmente: “Deus é amor” (1 João 4:7). A misericórdia de Deus, manifestada na graça que ele estende ao pecador, é eterna (Salmo 136). Pela graça, ele oferece a salvação ao pecador e o restaura à paz com ele.

Na perfeição de Deus, a santidade e o amor coexistem. Mas o pecado do homem afasta a bondade de Deus e traz sobre si a severidade (Romanos 11:22). Como é que o homem pode ver a justiça e a paz se beijarem?

Os temas de Salmo 85:10 são bem explicados no sacrifício de Jesus Cristo: “para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus” (Romanos 3:26). A santa justiça de Deus exige o pagamento pelo pecado (cf. Romanos 6:23), e o sangue de Jesus demonstra a graça e paga o preço das nossas iniqüidades. Jesus Cristo é a nossa paz (Efésios 2:13-18). A justiça e a paz se beijaram!

– por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
Amizades

A Santidade de Deus

Como Jesus Venceu a Tentação

A Humildade

Sofrimento

Por que Jesus lavou os pés dos apóstolos?

Aos Novos Pais: Parabéns!

"Digno é o Cordeiro"

O Servo do Senhor

Como Estudar a Bíblia 

As Condições para o Perdão

A Grande Comissão: O Plano de Deus nas Mãos do Homem

Construa, evitando apelos ao orgulho

Poderosas Armas de Guerra

Consolai-vos com Estas Palavras

Confia no Senhor de Todo o Teu Coração

O Perigo de Seguir a Religião dos Pais

As qualidades essenciais do verdadeiro discipulado

A Luz de Quem?

A Chave para Herdar a Vida Eterna

Testando os Profetas: Eles Estão Falando a Palavra de Deus? 

As Veredas Antigas

Ouvir para Ser Ouvido!

Justo e Justificador (Romanos 3:19-31)

Quero Voltar para Deus!

Jesus Limpou a Casa

Verdades E-x-a-g-e-r-a-d-a-s 

A Soberania de Deus no Livro de Jonas

Por Que, Senhor ...? Habacuque Questiona a Justiça de Deus


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA