Share Button

Instruções

Quando você tiver terminado a lição, preencha o formulário no fim da lição e selecione "enviar." O administrador do curso examinará a lição e mandará a você uma resposta junto com a localidade da próxima lição.


Quando Deus deu sua lei, através de Moisés, a Israel, ele não providenciou a divisão de seu povo em seitas e partidos. Mas, na época em que Jesus veio ao mundo, as seitas e os partidos estavam bem fixados. Havia fariseus, saduceus, essênios e, sem dúvida, outros. Supunha-se que todos os que eram sérios a respeito de religião, seriam associados a uma dessas seitas.

A qual destes partidos Jesus pertenceu? Todos têm que concordar que ele não pertenceu a nenhum deles. Ele manteve sua independência; até o fim ele manteve relação com Deus sem pertencer a nenhuma seita. Por esta razão, todos se opunham a ele.

Jesus não providenciou para que seus seguidores fossem divididos em seitas e partidos. Ele antes desejava que pudessem ser unidos. Depois de orar por seus apóstolos, ele acrescentou:

"Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vieram a crer em mim, por intermédio da sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti; também sejam eles em nós" (João 17:20,21).

Através dos anos, contudo, desenvolveram-se divisões e estas se perpetuaram pela escrita dos credos e da formação de organizações denominacionais. O resultado é que, agora, entre os seguidores que professam ser de Jesus, há muitos corpos (denominações), muitos senhores (autoridades religiosas), muitas fés (credos), e muitos batismos.

Que diferente é a situação presente, da unidade descrita no Novo Testamento:

"Há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos, e está em todos" (Efésios 4:4-6).

Muitos, hoje em dia, lamentam a divisão entre os crentes e desejam que não existisse. Eles desejam a união de todas as grandes denominações e estão trabalhando diligentemente para esse fim. Mas admitem que, até que isto seja conseguido, não há nada que um indivíduo possa fazer a não ser juntar-se a uma das divisões existentes e manter um espírito bondoso e tolerante. Nada no ensinamento ou na prática de Jesus apóia esta concepção de unidade.

Jesus não se encarregou de convocar uma conferência ecumênica designada a efetuar uma fusão dos fariseus, saduceus e essênios numa super-seita. Nem orou para que seus discípulos pudessem unir-se numa super-denominação. Ele orou, antes, para que os crentes individuais se unissem nele e no Pai. Seu ensinamento foi designado para trazer indivíduos de doutrinas e tradições dos homens para a simples palavra de Deus. Através de seu ensinamento e exemplo, ele certamente pode ser para nós O CAMINHO PARA SAIR DA CONFUSÃO RELIGIOSA.

A Igreja do Senhor

Jesus prometeu construir sua própria igreja. Ele disse:

"Sobre esta rocha edificarei a minha igreja" (Mateus 16:18).

Ele prometeu construir só uma igreja e ela seria dele. A rocha sobre a qual ela tinha que ser edificada não era Pedro, mas a verdade que Pedro confessou:

"Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo" (1 Coríntios 3:11).

A palavra igreja significa "convocado". Pregando o evangelho no dia de Pentecoste, Pedro e os outros apóstolos "convocaram" aqueles que queriam crer em Jesus.

"Ouvindo eles estas cousas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo" (Atos 2:37-38).

"Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas" (Atos 2:41).

Este foi o começo da igreja. Ela era composta por todos os que foram salvos por Jesus Cristo e continuou a crescer na medida em que outros eram salvos.

"Acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos" (Atos 2:47).

Grupos destas pessoas salvas se encontravam em várias cidades e cada grupo era uma igreja. Ainda que unidos em Cristo, eles eram independentes de qualquer associação ou federação humana. Cristo os dirigia através de seus apóstolos inspirados, ensinando-lhes como deveriam adorar e trabalhar juntos.

Para Evitar a Divisão, Seguir a Jesus

Se obedecermos às mesmas instruções que Pedro deu no Pentecoste, arrependendo-nos de nossos pecados e sendo batizados em nome de Jesus Cristo, nós também seremos salvos. Quando formos salvos, o Senhor nos acrescentará à sua igreja, como acrescentou aqueles cristãos. Eles não se ligaram a nenhuma outra organização religiosa; nem devemos nós nos ligar também. Em Cristo somos unidos com todos os outros que estão nele.

Como membros da igreja do Senhor, temos que estudar cuidadosamente a descrição dessa igreja no Novo Testamento. Isto é encontrado no livro de Atos e nas cartas que se seguem a ele. Desde que os apóstolos foram guiados pelo Espírito Santo, podemos ficar certos de que as igrejas sob sua instrução eram exatamente o que Jesus queria que fossem. Se copiarmos essas igrejas primitivas, o Senhor se agradará de nós.

Copiar uma igreja do Novo Testamento talvez não seria tão difícil como se pode imaginar. Talvez você possa encontrar um grupo independente de cristãos, seguindo o padrão do Novo Testamento, já fazendo reuniões em sua comunidade. Se não, apenas dois ou três que tenham o mesmo propósito comum podem encontrar-se e adorar juntos de modo aceitável. Nenhum grande edifício de igreja é necessário (Muitas igrejas nos tempos da Bíblia se reuniam nas casas, Romanos 16:5; 1 Coríntios 16:19). Nenhum sacerdócio ordenado por homens é necessário desde que todos os cristãos são sacerdotes (1 Pedro 2:5). Nenhum alvará de nenhuma organização é necessário porque a única afiliação é com o corpo de Cristo. Jesus disse:

"Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou, no meio deles" (Mateus 18:20).

Podemos ajudá-lo a tornar-se simplesmente um cristão?


Perguntas

Usando sua Bíblia, encontre as características da igreja do Senhor, conforme reveladas nas seguintes passagens:

Para ser membro: (Atos 2:38) Pedro disse aos que creram para se e serem para remissão de seus pecados.

(Atos 2:41) Aqueles que receberam a palavra e foram , foram acrescentados aos discípulos.

(Atos 2:47) O Senhor acrescentava à igreja diariamente aqueles que iam sendo

Doutrina: (Atos 2:42) Eles continuaram na doutrina (ensinamento) dos .

Adoração: (Atos 2:42) Além do ensinamento, eles também continuaram partindo o e .

(2 Coríntios 9:7) Cada pessoa deve segundo o propósito do coração.

(Efésios 5:19) Os cristãos devem e cantar hinos de coração.

Dia de Adoração: (Atos 20:7) No dia da semana, os discípulos se reuniam para partir o pão e Paulo pregava.

Organização: (Colossenses 1:18) Cristo é a cabeça de Seu corpo, que é a

(Atos 14:23) Quando as igrejas locais que Paulo estabeleceu tiveram tempo para amadurecer, Paulo voltou a elas, escolhendo em cada igreja.

(Filipenses 1:1) A igreja em Filipos tinha santos com e . Nota: Anciãos e bispos são a mesma coisa (Veja Atos 20:17 e 28).

Trabalho: (1 Timóteo 3:15) A igreja é a coluna e o baluarte (fundação) da .

(Atos 11:29) A igreja de Antioquia enviou aos irmãos da Judéia, que estavam passando fome.

Designações: Individualmente: (Atos 11:26) Os discípulos eram chamados .

(1 Pedro 4:16) Se algum homem sofrer como não deverá se envergonhar.

Coletivamente: Grupos de cristãos que se reuniam, em várias cidades eram chamados igrejas de (1 Tessalonicenses 2:14) e igrejas de (Romanos 16:16).


Use esta seção para perguntas e comentários.


Seu Nome Completo:

Email: