O Que a Bíblia Diz?
Por que Jesus chamou Pedro de Satanás?

Em Mateus 16:16, Pedro fez uma grande confissão sobre Jesus: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus o elogiou, dizendo: "Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus" (Mateus 16:18). Logo depois, Jesus falou sobre sua própria morte e Pedro o repreendeu. A resposta de Jesus foi áspera: "Arreda, Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens" (Mateus 16:23).

Por que Jesus chamou Pedro de Satanás? Alguns interpretam esta passagem para sugerir que Pedro foi endemoninhado, e que Jesus olhou para ele e viu Satanás. Mas, não há base para tal suposição.

A explicação melhor vem da palavra "satanás", que quer dizer "adversário". Esta palavra é usada muitas vezes para identificar o próprio Diabo. Ele é o principal adversário de Deus e do povo do Senhor. Mas, a palavra em si tem o sentido de adversário. Pedro, de fato, estava se colocando contra Jesus, até intervindo nos planos dele. Da mesma forma que o Diabo ofereceu um reino sem o sofrimento da cruz (Mateus 4:8-10), Pedro imaginou a exaltação sem a paixão. Jesus, entendendo perfeitamente a vontade do Pai e a sua própria missão, não aceitaria nenhum atalho. Ele seria exaltado como rei, mas teria que sofrer primeiro na cruz.

Se Pedro se tornou, momentaneamente, em adversário de Cristo, seria possível nós fazermos a mesma coisa? Jesus poderia olhar para nós e dizer: "Arreda, Satanás"?

Imagine um jovem morrendo, brutalmente esfaqueado. Um amigo dos pais da vítima encontra o assassino na rua, com a faca na mão, o sangue da vítima pingando da ponta. O criminoso cruel não mostra nem um pouquinho de remorso. Mesmo assim, o "amigo" o leva para a casa do casal e pede para a mãe da vítima recebê-lo e fazer almoço para ele. Inimaginável, não é?

Tiago disse: "Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (Tiago 4:4). Jesus morreu para nos livrar do pecado, de toda forma de impureza que existe neste mundo. Mantendo amizade com as coisas mundanas, tais como os desejos carnais, as invejas, o materialismo, etc. seria pior do que levar aquele assassino para almoçar na casa dos pais da vítima. Se vivermos deliberadamente no pecado, pisamos em Jesus, profanamos o sangue dele e ultrajamos o Espírito da graça (Hebreus 10:26-29). O pecado é ofensivo e repugnante para Deus. Como filhos dele, devemos fazer tudo para eliminar das nossas vidas tudo que é contra o Senhor.

-por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
As Coisas de Deus ou as dos Homens?
  
Numa Sala Superior
 
Para o deserto
  
A origem de Satanás
  
Poderosas Armas de Guerra
  
As Obras da Carne ­ O Inimigo Interior
  
Na parábola do joio, Jesus ensina que devemos tolerar pecadores na igreja?  
No Deserto da Judéia


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA