Share Button

O Que a Bíblia Diz?
O que quer dizer "encher a medida
dos pecados"?

Quando Paulo escreveu à igreja de Tessalônica, ele comentou sobre as pessoas que perseguiam Jesus e seus discípulos, e disse que estavam "enchendo sempre a medida de seus pecados" (1 Tessalonicenses 2:16). Compreendendo o sentido dessa frase, entenderemos melhor o juízo de Deus.

Linguagem semelhante aparece algumas outras vezes na Bíblia. Em Gênesis 15, Deus prometeu que os descendentes de Abrão, depois de servir como escravos num outro país, tomariam posse da terra de Canaã. A promessa não seria cumprida antes "porque não se encheu ainda a medida da iniqüidade dos amorreus" (Gênesis 15:16). Deus já viu o pecado desse povo, mas estava esperando mais alguns séculos antes de trazer o castigo contra ele. Ele sabia que a maldade do povo ultrapassaria o limite de sua paciência. Deus é longânimo, mas não inocenta o culpado (Êxodo 34:6-7).

Quando Jesus censurou os fariseus, ele comparou a iniqüidade deles com a rebeldia dos judeus do passado. Enquanto os fariseus se identificavam com os profetas, Jesus os comparou com os assassinos dos profetas. Ele disse: "Assim, contra vós mesmos, testificais que sois filhos dos que mataram os profetas. Enchei, pois, a medida de vossos pais" (Mateus 23:31-32). No contexto, não há dúvida que Jesus está lhes advertindo sobre o juízo vindouro. Desde capítulo 21 até ao capítulo 25, ele enfrentou a hipocrisia dos líderes judeus com desafios diretos, profecias e parábolas que nitidamente atacaram os pecados desses homens e avisaram sobre o castigo futuro. Encher a medida dos pais é a mesma coisa de continuar na rebeldia até que chegue o julgamento.

É no mesmo sentido que Paulo falou dos perseguidores que estavam "enchendo sempre a medida de seus pecados" (1 Tessalonicenses 2:16). Deus viu o pecado deles contra Cristo, contra os cristãos e contra as pessoas do mundo que necessitavam do evangelho, e resolveu trazer sua ira sobre esses inimigos. Em Apocalipse 6:9-11, Deus respondeu à súplica dos mártires com a promessa de trazer a vingança depois de pouco tempo.

Os homens facilmente se enganam, achando que a demora no castigo mostra que Deus não pretende punir os pecadores. Ele é longânimo, mas quando os homens enchem a medida dos pecados, ele os castigará (Leia 2 Pedro 3:1-18).

- por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
O Problema do Pecado

 

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA