O Que a Bíblia Diz?
Será que a história de Jonas aconteceu mesmo?

O livro de Jonas tem sido explicado freqüentemente como uma fábula fascinante, contendo uma lição importante. Muitas pessoas não acreditam que realmente tenha acontecido.  Um argumento comum é que nenhuma criatura marinha existente poderia engolir um homem e mantê-lo vivo em sua barriga durante três dias.

O fato que não podemos explicar um evento bíblico não é motivo suficiente para descartá-lo como historicamente incorreto. A história inteira é apresentada no estilo de  narrativa de um fato. Jonas foi conhecido como uma pessoa histórica real na época em que Jeroboão II reinou em Israel (2 Reis 14:25).

O testemunho mais significativo, porém, sobre a veracidade de Jonas vem de Jesus Cristo. Jesus usou o sinal de Jonas para predizer sua própria ressurreição (Mateus 12:38-42). Ele também disse que Jonas vivo foi um sinal que fez os ninivitas crerem (Lucas 11:29-30), semelhante ao sinal que Jesus ofereceu quando ressurgiu dos mortos. Este comentário nos ajuda a entender por que a pregação de Jonas teve tanto sucesso. Em poucos dias, ele converteu a cidade de Nínive inteira. Numa única geração, as testemunhas oculares do Cristo ressuscitado convenceram milhares de pessoas, através do mundo, que Jesus é, de fato, o Filho de Deus (Colossenses 1:23; 1 Timóteo 3:16).

A questão da confiabilidade do livro de Jonas toca num assunto maior. Muitas pessoas são ágeis em rejeitar coisas que não podem explicar racionalmente. Pessoas que se acham modernas e inteligentes demais para acreditar em tais milagres da Bíblia como a criação do mundo e a ressurreição de Cristo reduzem as Escrituras a um livro de orientação moral ambígua e diluída. Mas se não reconhecermos o poder ilimitado daquele que nos fala na Bíblia, não teremos fé em seu poder para salvar e nenhum motivo para obedecer sua palavra. A conclusão simples: se Jonas não foi engolido por um grande peixe, então Jesus não ressurgiu dos mortos. Se Jesus não ressurgiu, não temos esperança de salvação (1 Coríntios 15:17).

O fato é que Deus criou o mundo, criou o mar, criou Jonas, criou uma criatura marinha capaz de engoli-lo, preservou sua vida, poupou a cidade de Nínive, enviou Jesus para nos salvar, ressuscitou-o dos mortos e nos ofereceu a esperança de vida eterna em Cristo. Louvemos a Deus!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA