Share Button

A Lei do Antigo Testamento é Boa?

É fácil se confundir lendo as epístolas de Paulo. O apóstolo Pedro comentou sobre esse fato, mas ainda recomendou os escritos de Paulo como escrituras (2 Pedro 3:15-16). Como ele avisou, supostas contradições bíblicas têm sido a desculpa para muitas pessoas rejeitarem a fé em Jesus e na palavra revelada na Bíblia. Consideremos um exemplo: o ensinamento de Paulo sobre a lei do Antigo Testamento.

Por um lado, Paulo descreve a lei dada aos israelitas no Antigo Testamento como “ministério da morte” e “ministério da condenação” e diz que é a letra que mata (2 Coríntios 3:6-9). Ele falou desta lei como “escrito de dívida que era contra nós..., o qual nos era prejudicial” (Colossenses 2:14). Em outra carta, ele afirmou: “Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição” (Gálatas 3:10).

Por outro lado, o mesmo apóstolo disse: “a lei é santa; e o mandamento, santo, e justo, e bom.... Porque bem sabemos que a lei é espiritual” (Romanos 7:12,14).

Um dos trechos que mais ajuda na busca de um entendimento desse assunto é 1 Timóteo 1:8-10, onde Paulo escreveu: “Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza de modo legítimo, tendo em vista que não se promulga lei para quem é justo, mas para transgressores e rebeldes, irreverentes e pecadores, ímpios e profanos, parricidas e matricidas, homicidas, impuros, sodomitas, raptores de homens, mentirosos, perjuros e para tudo quanto se opõe à sã doutrina”.

Observamos alguns fatos importantes:

A lei é para transgressores. A lei trouxe conhecimento do pecado (Romanos 3:20; Gálatas 3:22). O homem se condenou por sua falta de amor (o princípio que apoia qualquer lei divina - Mateus 22:37-40), e a lei mostrou sua condição. Este foi um serviço necessário (ministério da morte e da condenação), porque sem o diagnóstico do problema, o homem não aceitaria a cura em Jesus (Gálatas 3:23-24).

Os justos (justificados em Cristo) não vivem sob a lei. Não “permanecem subordinados” (Gálatas 3:25) porque foram “libertados da lei” (Romanos 7:6).

A lei ainda serve e deve ser usada de modo legítimo. Não serve para nos governar nem para guiar a igreja no seu trabalho, louvor, etc., mas serve para nos ajudar a entender o perigo do pecado (1 Coríntios 10:6-11; Hebreus 2:1-3), a importância da fé obediente (Hebreus 11) e a confiabilidade absoluta de Deus, que cumpre suas promessas (Romanos 15:4). Por tais motivos, estudamos e aprendemos de toda a Escritura (2 Timóteo 3:16-17), e erramos se negligenciar o estudo do Antigo Testamento.

– por Dennis Allan

Leia mais sobre este assunto:
Jesus Revogou a Lei do Antigo Testamento?

A Lei - "Até Que Viesse o Descendente"
A lei de Deus sempre foi a mesma para todas as pessoas?
O que quer dizer "aio" em Gálatas 3:24-25?
O propósito do Velho Testamento
Nos Dias Atuais as Pessoas Têm Que Guardar as Leis do Velho Testamento?
A Letra X O Espírito


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA